Maior golpe de produtos falsificados já registrado custou US$6 milhões à Apple 14 pessoas foram indiciadas por envolvimento no esquema

Já falamos aqui várias vezes sobre golpes aplicados na Apple envolvendo produtos falsificados, todos eles representando prejuízos em torno de US$1 milhão antes de serem desbaratados.

O caso do qual trataremos hoje, entretanto, é um pouquinho maior que isso: a Maçã estima que um esquema descoberto recentemente custou cerca de US$6,1 milhões aos seus cofres — naquele que já é considerado o maior golpe de produtos falsificados registrado nos Estados Unidos.

Segundo informações da NBC San Diego, 14 pessoas foram indiciadas por fazer parte do golpe, incluindo 3 irmãos (chineses com cidadania americana) descritos como mentores do esquema. O processo todo funcionava mais ou menos da mesma forma que outros golpes do tipo: os operadores importavam dispositivos falsificados da China, como cópias de iPhones e iPads, e os levavam a lojas da Apple nos EUA e no Canadá, informando que os aparelhos estavam quebrados.

Como a política da Apple é de resolver o problema do consumidor o mais rápido possível, em boa parte dos casos os funcionários simplesmente substituíam o aparelho “quebrado” por um novo, autêntico; os dispositivos originais, então, eram enviados à China e a outros países para serem vendidos a preços muito superiores. Segundo a Apple, mais de 10.000 aparelhos falsificados foram substituídos por originais apenas nesse golpe.

Assim como em outros esquemas do tipo, não está claro ainda como os golpistas conseguiram números de série originais de iPhones e iPads para aplicar nos produtos falsificados; a hipótese mais provável é a de que os fraudadores teriam algum tipo de contato na cadeia de fabricação dos aparelhos autênticos, na China, que repassaria esses códigos para eles.

Os 14 indivíduos envolvidos no golpe foram acusados de uma série de crimes, como fraude, roubo de identidade, tráfico de produtos falsificados e lavagem de dinheiro; 11 deles estão presos e aguardam julgamento, enquanto outros 3 estão foragidos.

via AppleInsider | imagem: Mykola Churpita / Shutterstock.com

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários