O início da era dos smartphones dobráveis apontou para uma grande mudança no leme do design dos dispositivos móveis, mas as fabricantes continuam nos surpreendendo com o que elas têm na manga para essa nova fase — ou, no caso da Motorola, para a “antiga-nova” fase.

Muitos de vocês (pelo menos quem vivenciou a década de 2000 na sua plenitude) se lembrarão dos celulares de flip, a exemplo do icônico Razr V3 — podemos dizer, com tranquilidade, que ele foi uma febre! Só de ver uma imagem do V3 muitos de vocês provavelmente se sentirão nostálgicos, principalmente aqueles que eram donos dessa belezura.

Eis que, agora, a fabricante quer iniciar outra frenesi entre os usuários com o novo Motorola Razr, um dispositivo que é, para todos os fins, a evolução natural do V3.

Design

Tela dobrável do Moto Razr

Sim, o novo Razr é dobrável e, diferentemente do seu concorrente mais popular (o Galaxy Fold, da Samsung), ele troca o design horizontal para manter o perfil vertical do seu ancestral. Certamente, o novo aparelho perdeu parte do design ultrafino que fez o Razr original ser um sucesso há tantos anos (devido à tela de 6,2 polegadas, com proporção 21:9); ainda assim, ele é compacto o suficiente para caber no bolso.

A Motorola também manteve o pequeno display semelhante ao do V3 na parte frontal do novo Razr (que se volta para a parte de trás quando aberto), readaptando-o para disponibilizar funções mais atuais (como visualização de notificações, suporte a apps de streaming de música e ao Google Assistente).

Como no V3, uma das câmeras frontais, localizada abaixo desse pequeno display, também é a principal. Quando aberto, o Razr dispõe de outra lente, localizada no recorte do display principal.

Quem já botou as mãos no aparelho disse que todo o mecanismo de abertura e fechamento é “extremamente satisfatório”. Nas palavras de Chaim Gartenberg, do The Verge: “Fechar o telefone para desligar uma ligação é uma delícia”, como era também no V3.

Moto Razr e iPhone 11 Pro

O chassi do novo Razr é feito de matérias bem duráveis, como aço inoxidável nas bordas; a parte traseira é texturizada com um material aderente, essencial para não deixá-lo cair ao abrir e fechar o smartphone.

Especificações

Design e nostalgia à parte (por enquanto), vamos às especificações do novo Motorola Razr: como dissemos, o dispositivo possui um display principal dobrável pOLED (o “p” é de plástico) de 6,2 polegadas (2142×876 pixels), além de um display OLED menor na parte frontal, revestido por vidro, de 2,7 polegadas (800×600 pixels). A câmera principal (que é tanto frontal quanto traseira) possui 16MP, abertura de ƒ/1.7 e suporte ao recurso Night Vision; já a câmera interna possui “apenas” 5MP.

Ainda internamente, o Razr conta com um processador Snapdragon 710 com 6GB de RAM e capacidade de armazenamento interno de 128GB. Com relação à bateria, o dispositivo guarda uma célula de 2.510mAh e, como os dispositivos Android mais recentes, o carregamento é feito por uma porta USB-C.

Sistema

Android no Moto Razr

Por falar em Android, o novo Razr roda a versão 9 (Pie) do sistema operacional móvel do Google, porém o dispositivo oferecerá suporte ao Android 10.

Para aproveitar tanto a câmera quanto o display frontal, a Motorola implementou Moto Ações no novo Razr, permitindo que o usuário faça gestos para ativar funções específicas (como abrir a câmera, ou ativar a lanterna) sem, de fato, tocar no dispositivo.

Preço e disponibilidade

Como a maioria dos telefones dobráveis, o Motorola Razr volta-se para um público específico — seja pelo seu design ou, então, pelo preço. De acordo com a fabricante, o seu novo dobrável será vendido a partir de US$1.500.

O gadget estará disponível para encomenda a partir do dia 26 de dezembro exclusivamente para clientes da operadora americana Verizon, e as primeiras unidades serão despachadas a partir do dia 9 de janeiro.

·   •   ·

Divaguem, comemorem, reclamem e deem suas (sempre) singelas opiniões abaixo: hit ou flop?

imagens: Bloomberg

Atualização, por Rafael Fischmann 14/11/2019 às 16:10

De acordo com o Tecnoblog, o novo Motorola Razr chegará ao Brasil em janeiro de 2020. Seu preço em reais, porém, ainda não foi divulgado.

A Motorola colocou no ar um site para quem quiser ser notificado quando houver mais informações sobre ele.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários