Já faz um bom tempo desde que os primeiros rumores acerca de um possível pacote de assinatura englobando alguns dos serviços da Maçã. Com a chegada do Apple TV+, os assinantes do plano estudantil do Apple Music têm direito à plataforma de streaming de vídeos sem nenhum custo adicional, o que não deixa de ser o primeiro pacote da Apple. Mas será que a companhia expandiria esse tipo de plano para os seus outro serviços?

De acordo com uma nova reportagem da Bloomberg, essa possibilidade existe, sim. A companhia estaria se preparando para o lançamento de um pacote que incluiria o Apple Music, o Apple News+ e o Apple TV+ já no início de 2020.

Aparentemente, o maior problema da gigante de Cupertino com a criação desse tipo de oferta são as editoras do Apple News+ e as gravadoras do Apple Music. De acordo com a Bloomberg, a Maçã retém 50% da receita do Apple News+ (que custa US$10/mês) e 30% do Apple Music (considerando o plano individual padrão, que no Brasil custa R$16,90).

Entretanto, esse montante repassado para as parceiras mudaria caso a companhia estipulasse um único valor para todos os serviços, o que não as agradou muito.

Mesmo contra a maré, a companhia teria adicionado uma nova cláusula ao contrato com as parceiras do Apple News+ e do Apple Music a qual permite à empresa criar um pacote de assinaturas a qualquer momento, caso essa fosse a sua vontade. Ainda segundo a notícia, tal “alteração” não foi repentina, por isso a chance de a Apple lançar esse pacote nos primeiros meses do ano que vem.

Logo de serviços da Apple

Se adquiridas separadamente, as assinaturas do Apple News+, do Apple TV+ e do plano familiar do Apple Music totalizariam US$30/mês (lembrando que o Apple News+ não está disponível no Brasil). Não há informações se o Apple Arcade realmente estaria de fora desse (provável) pacote, ou se haverá diversos tipos de planos que combinariam as opções de serviço da Maçã.

Será que vem algo bom por aí? Veremos…

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários