Apple perde terreno, mas ainda lidera mercado de “audíveis” A Xiaomi está escalando as tabelas rapidamente

Já falamos aqui várias vezes sobre como a Apple é a líder inquestionável do mercado de dispositivos “audíveis” (fones de ouvido sem fio) e sobre como os AirPods meio que transformaram-se no produto “padrão” da categoria, assim como o iPod foi o reprodutor musical padrão nos seus áureos tempos. A vantagem da Maçã é enorme, mas isso não significa que ela pode dormir no ponto — a concorrência, afinal, está se fortalecendo.

Tomemos como exemplo esses números publicados recentemente pela Counterpoint Research, referentes ao mercado global de audíveis no terceiro trimestre de 2019. A Apple continua com uma vantagem considerável perante as rivais, mas não tão grande quanto era um trimestre atrás.

A Maçã deteve, no último período, uma fatia de 45% do mercado, uma queda razoável em relação aos 53% conquistados no segundo trimestre de 2019. A principal responsável pela estagnação da Apple, além das suas próprias vendas, foi a Xiaomi: a chinesa cresceu consideravelmente nos últimos meses e conquistou o segundo lugar da categoria, com 9% de share — atribuídos, segundo a Counterpoint, ao grande sucesso dos fones AirDots na China e em mercados emergentes.

A Samsung, por sua vez, também foi vítima da ascensão da Xiaomi, caindo para o terceiro lugar do segmento com uma fatia de 6%. A JBL e a Beats (que, na métrica da Counterpoint, tem números separados da Apple — okay) completaram o Top 5.

O mercado de audíveis como um todo vai muito bem, obrigado: foram 33 milhões de unidades vendidas no terceiro trimestre de 2019, um crescimento de 22% em relação ao período anterior, com a geração de US$4,1 bilhões em receita. Segundo a Counterpoint, o lançamento de novos produtos na parte superior do segmento (como os AirPods Pro, os Amazon Echo Buds e os Surface Earbuds, da Microsoft) tem estimulado um interesse renovado dos consumidores no segmento.

Considerando isso e as vendas/promoções de fim de ano, como a Black Friday e o Dia dos Solteiros chinês, a expectativa é que o mercado cresça ainda mais no trimestre atual; a expectativa da firma é que, no total, sejam vendidos 120 milhões de dispositivos audíveis ao longo de 2019.

Resta saber que estratégias a Apple adotará para abocanhar a maior fatia possível dessas vendas. Nós, é claro, estaremos atentos.

via Apple World Today

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários