Apple muda apps na Rússia para mostrar Crimeia como parte do território local

Mapas da Apple mostrando Crimeia como território da Rússia
Na Rússia, Mapas da Apple não dividem fronteira entre a Crimeia e a Rússia

Na última semana, falamos aqui como uma nova lei da Rússia poderia obrigar a Apple a sair do país caso não quisesse ceder em um ponto importantíssimo da sua filosofia de software. Agora, em um assunto relacionado (e igualmente polêmico), temos uma demonstração manifesta do quão importante é o mercado russo para a Maçã.

A BBC notou que a Apple atualizou recentemente dois dos seus aplicativos, Mapas (Maps) e Tempo (Weather), para que eles exibam localidades da Crimeia como território russo. A mudança, entretanto, só vale para a Rússia, mesmo — usuários de outros países continuarão vendo as localidades como territórios “indefinidos”, como tem acontecido há alguns anos.

A questão da Crimeia é um dos grandes conflitos geopolíticos dos tempos atuais. A península foi anexada pela Rússia em 2014, e a Ucrânia, país ao qual o território pertencia anteriormente, disputa essa anexação desde então; a ONU e outras entidades internacionais dividem-se em relação à questão. Além disso, uma revolta separatista estourou no leste da península, gerando milhares de mortos.

Até a mudança recente, a Apple mantinha-se “neutra” em relação ao conflito, sem nomear a que país pertenciam a Crimeia e suas localidades — essa, aliás, ainda é a estratégia do Google, que não liga os locais da disputa a nenhum dos dois países (mas escreve os nomes das localidades em suas grafias russas).

A mudança nos aplicativos da Apple ocorreu, segundo a BBC, após meses de conversas entre a empresa e Moscou. Não houve manifestações por parte da Maçã, mas a Duma Federal (câmara baixa da Assembleia Russa) destacou a novidade com uma nota curta e grossa: “A Crimeia e Sevastopol [cidade autônoma da península] agora aparecem nos aparelhos da Apple como territórios russos.”

Seria esse mais um exemplo da Apple curvando-se a um governo autoritário ou, como gostam de dizer, negócios são apenas negócios? Deixem suas opiniões logo abaixo.

via iDownloadBlog

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários