Contrariando dados divulgados pelas empresas CanalysIHS Markit e Strategy Analytics no fim de outubro passado, a Gartner divulgou recentemente que as vendas de smartphones no terceiro trimestre deste ano foram um pouco mais fracas do que esperado — contraindo, de fato, 0,4% quando comparado ao mesmo período de 2018.

Isso, é claro, afetou diretamente as vendas da Apple, fazendo com que a participação da companhia decaísse de 11,8% no terceiro trimestre de 2018 para 10,5% nos últimos três meses. Em números aproximados, a gigante de Cupertino comercializou cerca de 40,8 milhões de dispositivos — uma queda de 10,7% ano a ano. Apesar disso, a Gartner infere que a adoção inicial dos novos iPhones foi positiva, sugerindo que as vendas podem melhorar neste último trimestre do ano.

Vendar de smartphones (Gartner)

De acordo com Anshul Gupta, diretor sênior de pesquisa da Gartner, o hábito da maioria dos usuários de smartphones mudou: em busca do melhor custo/benefício, eles têm preferido os dispositivos medianos em detrimento dos flagships e dos modelos de entrada. Além disso, muitos deles estão aguardando a expansão do 5G para adquirirem novos dispositivos.

Essa mudança, entretanto, reverberou para fabricantes como a Samsung e a Huawei, as quais viram um aumento nas vendas. Por outro lado, a chinesa Xiaomi também registrou uma queda nos números de dispositivos despachados no terceiro trimestre.

Apesar dos números não muito otimistas para a Apple, ainda há esperanças para a companhia neste fim de ano. De acordo com a Gartner, é esperado que as vendas de iPhones na China (um dos maiores mercados da companhia) aumentem 6% em relação ao trimestre passado, com aumentos previstos também para outros países — graças à popularidade do iPhone 11.


iPhone 11

Botão - Comprar agora

iPhone 11

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 4.499,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 416,58
Cores: branca, preta, verde, amarela, roxo e (PRODUCT)RED
Capacidades: 64 GB, 128GB ou 256 GB
Lançamento: setembro de 2019

via Apple World Today | imagem: Nikkei Asian Review

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…