Rumores: iPhones topos-de-linha de 2020 terão 5,4″ e 6,7″; tela OLED será mais avançada O sucessor do iPhone 11 também terá uma tela OLED, mas não com a mesma tecnologia

Já é um fato (quase) sabido que os três iPhones de 2020 (sucessores do 11, 11 Pro e 11 Pro Max) serão equipados com telas OLED1 — além de alguns outros detalhes aqui e acolá. Hoje, um novo relatório da ETNews chegou para corroborar esses rumores e colocar mais lenha na fogueira.

De acordo com o jornal, que tem fontes confiáveis na cadeia de fornecimento e manufatura sul-coreana, a Apple mudará o tamanho das telas dos iPhones flagship (ou seja, mais caros) e modificará ligeiramente a tecnologia OLED embarcada neles. Mais especificamente, o sucessor do iPhone 11 Pro terá um painel menor, de 5,4 polegadas (em vez dos atuais 5,8″) enquanto o substituto do iPhone 11 Pro Max virá com tela de 6,7 polegadas (em vez de 6,5″).


Segundo fontes ouvidas pela reportagem, a Samsung será a fornecedora das telas desses aparelhos, pois a sul-coreana é a única (até o momento) capaz de produzir em massa os chamados painéis com sensibilidade ao toque on-cell. Essa tecnologia permite que a touchscreen seja embutida nos próprios pixels, e não mais por meio de uma camada separada em cima deles (que é como acontece atualmente).

Essa mudança, se confirmada, simplificará a produção dos painéis dos futuros iPhones e permitirá, se a Apple quiser, diminuir levemente a espessura dos aparelhos — muito embora, se a tendência recente permanecer, a Maçã provavelmente vá preferir usar esse pequeno espaço extra para aumentar um pouco mais a bateria dos smartphones.

Vale notar que a mudança acima vale apenas para os dois iPhones mais caros, mesmo. “Confirmando” rumores recentes, a reportagem da ETNews afirma que o sucessor do iPhone 11 também terá uma tela OLED (ao contrário do seu antepassado, que tem painel LCD2); esse componente, entretanto, trará a tecnologia atual de sensibilidade ao toque, com a camada capacitiva separada dos pixels. Samsung e LG dividirão a produção desses painéis — a BOE, que foi especulada como fornecedora de algumas peças, deverá ficar de fora.

Animados?

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários