Oprah produzirá documentário sobre violência sexual na indústria da música para o Apple TV+ E mais: elenco e equipe defendem "The Banker" e uma nova featurette de "See"

Mais uma semana, mais uma leva de novidades sobre o Apple TV+: hoje, temos um anúncio mais concreto sobre os planos de Oprah Winfrey com a Maçã, mais um desdobramento da polêmica envolvendo “The Banker” e uma nova featurette de “See”. Vamos dar uma olhada?

Oprah

A relação de Oprah Winfrey com o Apple TV+ não é novidade para ninguém — a própria Apple colocou a icônica apresentadora/empresária no palco do evento de lançamento da plataforma como um dos grandes destaques da keynote.

Oprah já tem seu clube de leitura no serviço e lançará uma série sobre saúde mental em parceria com o Príncipe Harry, mas ela irá além: de acordo com a Variety, a apresentadora produzirá para o Apple TV+ um documentário focado em casos de assédio e violência sexual na indústria fonográfica.

Mais especificamente, a produção focará em uma ex-executiva do mundo da música que pondera a decisão de divulgar ou não um caso de abuso e assédio perpetrado por uma figura influente da indústria. De acordo com descrições iniciais, o filme usará essa história para fazer uma análise profunda de questões de gênero, raça, classe e interseccionalidade.

O filme será dirigido por Kirby Dick e Amy Ziering, responsáveis por “The Hunting Ground” (também um documentário sobre casos de assédio sexual, mas no ambiente acadêmico) e “The Invisible War” (que ganhou uma indicação ao Oscar). A dupla também produzirá o novo filme, que ainda não tem título divulgado, por meio da sua produtora Jane Doe Films. A produção executiva inclui Terry Wood, Dan Cogan, Regina K. Scully, Ian Darling e Abigail Disney.

Equipe defende “The Banker”

Enquanto isso, elenco e equipe de “The Banker” vieram a público defender o filme e contar sua versão sobre os fatos da produção envolta em controvérsia.

Para quem não acompanhou a história, a produção — baseada numa história real — foi envolvida em polêmica depois que um dos seus produtores (que é, também, filho de um dos personagens principais do filme) foi acusado de contar a história do seu pai de forma enviesada e de abusar sexualmente de duas das suas irmãs. Após as alegações, a Apple cancelou a première do filme e adiou indefinidamente sua estreia nos cinemas.

The Banker

Agora, 50 membros da produção do filme, entre elenco e equipe, assinaram uma carta afirmando que boa parte do roteiro é baseada em relatos do próprio Bernard Garrett Sr. (um dos protagonistas do filme, vivido por Anthony Mackie), e não do seu filho Bernard Garrett Jr. (o que está sendo acusado); os signatários destacam ainda a mensagem de empoderamento do filme e notam que continuam apoiando a produção (e o seu lançamento, por extensão).

Entre os signatários da carta, temos o diretor e roteirista George Nolfi e os atores Samuel L. Jackson, Anthony Mackie, Nicholas Hoult e Nia Long. Outros membros da produção, como diretores de fotografia, maquiadores, decoradores de set, diretores de arte, revisores de roteiro e muito mais também assinaram o documento.

Confiram a mensagem a seguir, publicada pela Variety:

Nós tentamos contar uma história a qual somos muito apegados, recriando as vidas notáveis de Bernard Garrett Sr. e Joe Morris e suas conquistas pioneiras no combate à desigualdade racial nos anos 1950 e 60. Apesar de não termos como saber o que ocorreu entre os filhos do Sr. Garrett Sr. nos anos 70, incluindo as acusações de abuso que tivemos conhecimento recentemente, nossos sentimentos estão com todos aqueles que sofreram.

O filme em si não é baseado nos relatos de nenhum dos filhos de Bernard Garrett Sr., e sim em entrevistas do próprio Garrett Sr., feitas em 1995 e comprovadas por transcrições do congresso dos EUA, decisões judiciais e outros artigos da mídia à época. Nós estamos ao lado do filme e da sua mensagem positiva de empoderamento.

A Apple não se pronunciou sobre a carta, e não sabemos se ela será suficiente para convencê-la a lançar o filme em breve. Aguardemos.

Featurette de “See”

Por fim, a Apple divulgou uma nova featurette de “See” — que terá o último episódio da sua primeira temporada liberado nesta sexta-feira (6/12). O vídeo mostra cenas dos bastidores e traz depoimentos do elenco e equipe da série, focados especialmente na construção do mundo pós-apocalíptico onde (quase) todas as pessoas são cegas.

Confiram:

Quem está curtindo a série? Deixem suas opiniões logo abaixo!

via 9to5Mac, The Loop

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários