Depois de 28 anos, Apple retornará à CES em 2020 — de certa forma A empresa não apresentará nenhum produto ou serviço por lá, entretanto

CES 2020

Já faz muito tempo desde a última vez que a Apple deu as caras oficialmente na Consumer Electronics Show (CES), a maior feira de eletrônicos do mundo: foi em 1992, quando o então CEO John Sculley subiu ao palco do evento para apresentar o mal-sucedido (porém amado por alguns) PDA Newton. Agora, adivinhem só: a Maçã está de volta!

Mas calma: a empresa não fará uma apresentação própria nem montará um estande na CES 2020. Em vez disso, a representação oficial da gigante de Cupertino ficará por conta de Jane Horvath, diretora sênior de privacidade da empresa, que participará de uma mesa-redonda sobre o tema. Já é alguma coisa, não?

O evento em questão acontecerá no dia 7/1 e terá como base uma discussão sobre a responsabilidade das grandes empresas na privacidade dos usuários, tocando em assuntos como regulações ao redor do mundo e as expectativas cada vez mais exigentes dos consumidores. Além de Horvath, executivos de gigantes como o Facebook e a Procter & Gamble também participarão da mesa-redonda.

Vale notar que, mesmo sem participar oficialmente, a Apple tem ensaiado uma aproximação com a CES nos últimos tempos; no ano passado, a empresa ganhou as manchetes quando preencheu a cidade de Las Vegas (sede do evento) com anúncios destacando a privacidade do iPhone frente aos seus principais concorrentes. Além disso, várias fabricantes aproveitam o evento para anunciar acessórios e dispositivos relacionados aos produtos e serviços da Maçã.

A CES 2020 acontecerá entre os dias 7 e 10 de janeiro de 2020, no Centro de Convenções de Las Vegas. Nós, é claro, ficaremos ligados em tudo que for de mais relevante para vocês.

via Bloomberg

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários