Limites para crianças: os novos recursos do Tempo de Uso no iOS 13.3

O iOS 13.3 foi lançado para todos os usuários (junto aos outros sistemas operacionais da Apple) e, como informamos, o sistema está repleto de novidades. Entre elas, uma bem importante acerca do recurso Tempo de Uso que expande as opções do controle parental: os Limites de Comunicação.

Pela primeira vez, é possível estabelecer limites acerca de com quem as crianças podem conversar e durante qual momento do dia elas poderão se comunicar a partir dos apps Telefone, Mensagens e FaceTime. Ademais, os responsáveis podem aplicar um conjunto diferente de limitações para que o recurso se ajuste à rotina da criança (a partir das definições em “Repouso”).

Ajustes de repouso

Na prática, a nova opção é bem simples: basta acessar Ajustes » Tempo de Uso » Limite de Comunicação. Por lá, é possível definir o tempo de tela e as pessoas que podem ser contatadas pela criança (e que poderão entrar em contato com ela) a partir dos contatos — o recurso também permite que os pais gerenciem os contatos do iCloud da criança remotamente, facilitando o compartilhamento de números importantes com os filhos.

Ajustes de contatos durante repouso

Ainda durante o tempo de inatividade, usuários podem designar para quais contatos específicos a criança pode enviar mensagens e realizar chamadas, no caso de emergência — como a mãe, o pai ou outro responsável, por exemplo. Vale lembrar que as alterações feitas em um dispositivo não são aplicadas a todos os aparelhos e devem ser realizadas manualmente em cada um.

Apesar de muitos enxergarem o recurso como uma opção demasiadamente restritiva, é importante lembrar que cada vez mais crianças podem acessar smartphones e tablets — muitos deles sob pouca ou nenhuma supervisão de quanto tempo o dispositivo é usado ou com quem ele é usado para entrar em contato. Sendo assim, a Maçã está oferecendo as ferramentas necessárias para que os pais possam escolher o hábito de uso dessas crianças, além de obviamente garantir uma maior segurança para elas.

via TechCrunch | imagem: Prostock-studio / Shutterstock.com

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários