Mais um dia, mais um processo. No episódio de hoje, a Maçã foi alvo de uma possível “patent troll”, a empresa Hypertext Technologies, por incorporar suporte a links clicáveis/tocáveis no app Mensagens (via SMS1 ou iMessage).

Publicidade

Protocolado no Tribunal Distrital Central da Califórnia, o processo refere-se à patente sob o número 7.113.801, a qual descreve um “método para receber dados usando SMS e dados de internet sem fio ao sistema”. A tecnologia foi originalmente inventada em 2001 pela coreana KTFreetel Ltd., a qual posteriormente se fundiu com a gigante Korea Telecom.

Em 2006, uma versão americana da patente foi criada e, desde então, passou por diversas mãos até parar no controle da Hypertext — vale ressaltar que a empresa não cria ou comercializa nenhum produto tecnológico que incorpora a tecnologia supracitada.

Link em SMS

Após a atribuição da patente, a Hypertext começou a acionar os setores jurídicos de diversas empresas sobre a possível infração do invento, incluindo o Google, a OnePlus, a Coolpad e, agora, a Apple. No caso da Maçã, especificamente, a patent troll está se baseado em quatro possíveis infrações do Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes, da Organização Mundial da Propriedade Intelectual.

Publicidade

Como a maioria dos casos de infração de patentes, a Hypertext exige uma sentença sobre a aplicabilidade da patente, o pagamento de danos compensatórios e royalties, além do reembolso de honorários advocatícios.

A Apple ainda não respondeu às acusações.

via AppleInsider

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…