Limites de Comunicação: novo recurso do iOS 13.3 tem bug sério; Apple trabalha em correção

Nesta semana, falamos aqui sobre as novas funcionalidades trazidas para o recurso Tempo de Uso no iOS 13.3 — especialmente, a possibilidade de pais e responsáveis limitarem os contatos com os quais suas crianças podem se comunicar pelos apps Telefone, Mensagens e FaceTime com o recurso Limites de Comunicação. Tudo muito bom, tudo muito bem, se não fosse um problema: aparentemente, a coisa toda está com uma boa dose de bugs.

A CNBC notou as falhas analisando os novos recursos e percebeu que, em alguns casos, as crianças podem se comunicar com contatos desconhecidos mesmo que seus responsáveis tenham proibido esse tipo de atividade no Tempo de Uso.

Por exemplo: quando um número desconhecido envia uma mensagem para o iPhone da criança, ela pode adicioná-lo como um novo contato à sua lista, podendo, em seguida, ligar ou mandar mensagens para a pessoa do outro lado. Essa ação só não é possível se o Repouso (o recurso que determina horários para ficar distante do iPhone) estiver ativado.

Bug no recurso Tempo de Uso

Também há problemas na integração do Apple Watch com os novos recursos. Se a criança pedir à Siri no relógio para ligar ou mandar mensagens para qualquer número ou contato, a assistente o fará — independentemente de o contato em questão ser aprovado pelos pais.

De acordo com a CNBC, os novos recursos do Tempo de Uso também trouxeram bugs para a experiência padrão do iOS. A reportagem notou que, em alguns casos, certos contatos aparecem bloqueados para o envio de mensagens sem razão aparente; em outros, a caixa de texto para escrita de mensagens fica ilegível, com fotos de contatos espalhadas de forma desordenada por debaixo do texto.

Em resposta aos achados, a Apple afirmou que está trabalhando em correções para as falhas; temporariamente, certos usuários podem mitigar os problemas fazendo um pequeno ajuste nos seus iPhones:

  1. Vá em Ajustes » Contatos;
  2. Abra a opção “Conta Padrão”;
  3. Selecione a opção “iCloud”.

A dica acima vale para quem tem iPhones que sincronizam principalmente com outro serviço de contatos, como o Gmail; ao forçar a sincronização com o iCloud, os bugs (ou alguns deles, ao menos) aparentemente deixam de acontecer.

Ainda assim, fica claro que a Apple lançou o recurso com muitas pontas soltas. Talvez a coisa pudesse ser mais perdoável se estivéssemos tratando de um assunto menos importante, mas quando estamos falando da segurança digital de crianças, é salutar por parte da Maçã tomar mais cuidado. Vamos torcer para que as correções cheguem logo; iOS 13.3.1 a caminho?!

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…