Apple estaria investindo em satélites para transmitir dados de dispositivos Da Califórnia para o espaço!

Uma reportagem da Bloomberg aponta que a Apple estaria trabalhando em uma nova tecnologia para transmitir dados para os seus dispositivos — não, isso não tem a ver com um novo recurso dos seus sistemas, e sim com satélites!

Tudo ainda está sendo tratado como uma possibilidade pois, segundo a Bloomberg, não passa de um projeto secreto (agora não mais, pelo visto) em estágio inicial que ainda pode ser descartado. Não obstante, o objetivo da gigante de Cupertino é desenvolver uma tecnologia de comunicação por satélites que potencialmente pode enviar e receber dados de/para iGadgets com ainda mais eficiência — e sem a necessidade de uma rede de terceiros.

A tecnologia poderia ser usada para entregar dados diretamente aos dispositivos da Apple, ou apenas conectá-los, independentemente de uma rede de dados da operadora de celular. Também poderia ser usada para fornecer serviços de localização mais precisos e melhorar a orientação e dados dos Mapas.

Aparentemente, a Apple não estaria construindo o seu próprio satélite — mas sim a tecnologia de comunicação que seria implementada no artefato espacial. Também há a suspeita de que a Apple teria entrado em contato com a Boeing para investir em um projeto que colocaria mais de 1.000 satélites em órbita baixa da Terra para expandir o acesso à internet, mas não está claro até que ponto as discussões foram.

Ademais, diz-se que que a companhia contratou os engenheiros Michael Trela e John Fenwick (ex-Google), da indústria aeroespacial e de satélite. Outro possível nome dessa suposta empreitada da Maçã é a ex-executiva da Aerospace Corporation, Ashley Moore Williams.

Ainda que a ideia possa parecer remota, o conceito por trás da tentativa (ambiciosa) da Apple não é inédito: a Ubiquiti divulgou um plano, no começo deste ano, para construir um novo tipo de “constelação de satélites” que pode se comunicar diretamente com os dispositivos móveis. Isso acontece pois a maioria dos satélites de comunicação em órbita atualmente precisam de contato com estações terrestres para retransmitir as informações aos dispositivos finais.

Embora obviamente existam muitos questionamentos nesse potencial projeto espacial da Apple, é muito importante considerar que, se esse for mesmo o fato, a companhia poderia expandir ainda mais os recursos de localização (já amplificados no iOS 13) dos seus aparelhos — e, ainda, reduzir o uso de redes móveis em diversas ações do sistema (o que seira extremamente benéfico para os usuários).

Certamente valerá a pena continuarmos de olho nessa nova e provável empreitada da Maçã.

Posts relacionados

Comentários