Primeiro engenheiro a roubar segredos do “Apple Car” continua com tornozeleira eletrônica Aparentemente, roubar segredos da Maçã não é uma boa ideia

Apple Car (carro com adesivo da Maçã)

Já faz quase um ano e meio desde que falamos aqui sobre o caso de Xiaolang Zhang, ex-engenheiro da Apple que foi o primeiro funcionário da empresa preso por roubar segredos do “Projeto Titan”. De lá para cá, o projeto deu uma esfriada e deixou os holofotes, mas Zhang continua às voltas com a justiça dos Estados Unidos.

De acordo com a Bloomberg, o juiz Edward Davila decidiu recentemente que Zhang ainda tem risco de fugir para a China (originalmente, ele foi preso tentando embarcar para o seu país de origem) e, portanto, precisa continuar usando uma tornozeleira eletrônica enquanto aguarda julgamento para o seu caso.

Enquanto isso, o segundo ex-engenheiro da Maçã acusado de roubar segredos do “Apple Car” não está mais obrigado a usar a tornozeleira. Jizhong Chen, que foi preso no início deste ano tirando fotos de uma área confidencial em Cupertino, poderá aguardar o julgamento em plena liberdade.

O caso dos dois acusados é bem parecido: ambos estavam prestes a embarcar para a China após conversas com empresas concorrentes — certamente, a ideia era conseguir um emprego nas companhias chinesas com a venda dos segredos da Apple. Não se sabe a “diferença qualitativa” entre os dois suspeitos para que um esteja liberado da tornozeleira eletrônica e o outro não.

O fato é que… bom, claramente não é uma boa ideia tentar roubar segredos da Apple. 😛

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários