Aviso legal: esta publicação contém informações que podem ser sensíveis a alguns leitores. Se você sofreu trauma, violência sexual ou agressão, busque ajuda em instituições locais para receber apoio.


Mais do que recursos de saúde, o iPhone (bem como o Apple Watch) dispõe de algumas opções de segurança que se provam importantes nos momentos de necessidade. Nós, é claro, torcemos para nunca usá-las em nenhuma circustância — mas é imprescindível conhecê-las, a exemplo do SOS de Emergência.

SOS de emergência no iPhone

Implementado no iOS 11, esse recurso permite que o usuário entre em contato com o serviço de emergência da sua região de maneira ainda mais fácil e rápida. Nós já informamos, em detalhes, como configurar e usar essa opção; portanto, caso você não a conheça, saiba mais aqui.

O fato é que o SOS de Emergência foi fundamental no resgate de uma mulher que estava sendo vítima de um agressor em Virginia Beach (nos Estados Unidos), de acordo com informações do WTKR.

Segundo a reportagem, a mulher — que não quis se identificar — foi abordada por um homem após sair de um bar para que ela o ajudasse a, supostamente, procurar seu telefone que havia caído na praia.

Eu não suspeitava que ele era uma pessoa má. Eu perguntei: “Onde estão seus amigos? Por que você está sozinho?” E ele respondia que não era daqui, que era do exército — e eu me senti mal por ele.

Ela conta que, ao adentrar na faixa de areia, o suspeito atacou-a e impediu que ela gritasse por ajuda. Sem ter a quem recorrer, a mulher ativou o SOS de Emergência para entrar em contato com a polícia, que a localizou a partir do GPS do seu iPhone (eles souberam que ela estava na praia após escutá-la discutindo com o agressor).

Eu peguei meu telefone e me virei para fugir e ele simplesmente apareceu atrás de mim, me pegou, agarrou meu rosto e cobriu minha boca. Eu tentei gritar por socorro, mas [ele] me jogou no chão e, porque eu estava gritando, segurou minha boca ainda mais apertado para abafar qualquer barulho que eu fazia.

Ao ver que os veículos da polícia se aproximavam da praia, o agressor fugiu a pé, mas foi rapidamente localizado e preso. A mulher agradeceu à polícia e, é claro, alertou outros usuários (principalmente mulheres) sobre casos como o que ela foi vítima:

Sou muito grata por esses policiais. Sei que eles têm um trabalho ingrato e eu não consigo agradecer o suficiente. Todos os fatores deram certo para mim, mas eu sei que isso nem sempre acontece e as pessoas não têm tanta sorte, e se houver algo que possamos fazer para sermos proativos, devemos fazê-lo.

Felizmente, esse caso teve um final positivo. Quanto ao SOS de Emergência, é importante ressaltar que é possível incluir contatos de emergência para os quais o iPhone ligará quando o recurso é ativado — por isso, escolha bem as suas pessoas de confiança.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários