Há alguns dias, comentamos uma pesquisa da Sensor Tower a qual mostrou que consumidores gastaram US$193 milhões com a App Store no último Natal — um aumento de 16% ao ano. Agora, uma nova publicação da Apple revela que esses números foram ainda mais surpreendentes.

Antes de entrarmos em detalhes, o comunicado da Maçã fala sobre o ano marcante para seus serviços, que incluem: App Store, Apple Music, Apple TV+, app Apple TV, Apple Arcade, Apple News+, Apple Podcasts, Apple Card, Apple Pay e, finalmente, iCloud.

A Apple marcou o fim de um 2019 histórico para os seus serviços, um ano que introduziu o Apple Arcade, o Apple TV+, o Apple News+ e o Apple Card, comemorando também o sucesso contínuo da App Store, do Apple Music, do iCloud e de outras experiências que somente a Apple pode criar e entregar.

Com relação à App Store, especificamente, a Maçã não poderia estar mais feliz com os resultados (e a receita) de 2019: entre a véspera de Natal e o Ano Novo, consumidores gastaram cerca de US$1,42 bilhão, um recorde para a companhia. Desse montante, US$386 milhões foram gastos somente na virada do ano — marcando outro recorde quanto aos gastos verificados em um único dia.

A gigante de Cupertino também celebrou o fato de que a App Store é a loja de aplicativos “mais vibrante e segura do mundo”, com aproximadamente 500 milhões de visitas semanais. Ademais, a Apple informa que desenvolvedores faturaram mais de US$155 bilhões desde 2008, sendo que um quarto desse valor (aproximadamente US$38,7 bilhões) foi gerado apenas no ano passado.

Além da sua loja de aplicativos, a Maçã também ressaltou marcos e conquistas dos seus outros serviços:

  • Apple Music: o novo recurso de letras sincronizadas já foi usado por mais de 50% dos donos de iGadgets com o iOS 13 instalado em seus dispositivos.
  • Apple TV+: foi o primeiro serviço de streaming de vídeos a receber várias indicações ao Globo de Ouro e ao Prêmio do Sindicato dos Atores, além de ser o único que foi lançado em mais de 100 países simultaneamente.
  • App Apple TV: agora disponível nos hardwares da Apple, em Smart TVs e set-top boxes de terceiros e passou a oferecer mais de 30 opções de canais em 2019.
  • Apple Arcade: mais de 100 jogos exclusivos, sem anúncios, e títulos premiados como Sayonara Wild Hearts, Assemble with Care e Mini Motorways.
  • Apple News: mais de 100 milhões de usuários ativos mensalmente nos EUA, no Reino Unido, na Austrália e no Canadá. Em 2020, o serviço oferecerá também cobertura ao vivo de momentos importantes das eleição presidencial dos EUA em parceria com a ABC News.
  • Apple Podcasts: mais de 800 mil programas em 155 países.
  • Apple Card e Apple Pay: a adoção crescente do Apple Card e a expansão do Apple Pay permitiram que os consumidores usassem esses métodos de pagamento em mais de 150 estabelecimentos e locais de entretenimento em todo o mundo, inclusive em transportes públicos nas maiores cidades do mundo.
  • iCloud: mais de 75% dos usuários já ativaram a autenticação de dois fatores para se protegerem.

Tudo isso contribui para que, em 2020, a Apple continue desenvolvendo tecnologias e aprimorando os seus serviços ao lado dos seus clientes e desenvolvedores, com foco em “criatividade, segurança e inovação”.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários