O CEO1 da Apple, Tim Cook, receberá um prêmio em nome da companhia pelo reconhecimento aos 40 anos de investimento da empresa na Irlanda. As informações são da Bloomberg.

Publicidade

De acordo com a publicação, Cook se encontrará com o primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, no fim deste mês, quando o prêmio será entregue ao executivo.

O anúncio, no entanto, deixou algumas pessoas com uma pulga atrás da orelha pois, embora a Maçã seja uma das maiores empregadoras no país, ela é pressionada pela Comissão Europeia para pagar uma dívida fiscal de 13 bilhões de euros (quase R$59 bilhões) em um dos maiores casos envolvendo o auxílio estatal já registrados por lá. Tanto a Apple quanto a Irlanda estão (ainda) recorrendo da sentença.

Ainda que a Maçã tenha divulgado que o problema fiscal atrapalha suas atividades no país europeu, em meados de 2018 vimos os planos de construção de um data center bilionário caírem por terra, o que certamente abalou as expectativas do governo irlandês para novos investimentos.

Publicidade

Não obstante, a companhia possui outras instalações na Irlanda, como um campus e diversos escritórios e centros de suporte do AppleCare; na sua sede em Cork, por exemplo, a companhia empresa cerca de 6 mil pessoas. Além disso, a Maçã gerencia o fornecimento de produtos para mais de 147 empresas de varejo da região.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…