Safari perderá suporte ao Adobe Flash em breve

Adobe Flash

A Apple lançou, nesta semana, uma nova atualização para o Safari Technology Preview — plataforma experimental da companhia introduzida em 2016. Geralmente, a Maçã costuma testar novos recursos e/ou mudanças do seu navegador a partir dessa plataforma para (eventualmente) lançá-las no Safari.

Sendo assim, a versão 99 do Safari Technology Preview inclui correções de erros e algumas melhorias para os seguintes recursos: Web Inspector, Web API, WebRTC, JavaScript, WebDriver, entre outros. Mais do que isso, a atualização mais recente abandona o suporte ao Adobe Flash.

O Flash é uma plataforma multimídia da Adobe para aplicações (páginas ou web apps) que contenham animações, áudio e vídeo; o recurso era bastante utilizado na construção de anúncios publicitários e páginas web interativas — até a Adobe anunciar, em 2017, o fim do plugin para este ano.

Segundo a desenvolvedora, o uso dos novos padrões abertos (como HTML5, WebGL e WebAssembly) fizeram com que o Flash não fosse mais tão necessário para navegação. Por outro lado, muitas pessoas comemoraram a decisão, já que a plataforma servia como uma porta aberta para vulnerabilidades e erros.

Logo, tudo indica que, quando a próxima versão do Safari for lançada, não será mais possível instalar ou usar o Adobe Flash; apesar disso, a remoção não deverá impactar fortemente a experiência dos usuários, uma vez que a maioria dos navegadores já não depende mais do plugin. Da mesma forma, a navegação no iPhone ou no iPad não será afetada, pois o sistema operacional móvel da Maçã nunca suportou Flash.

A nova atualização do Safari Technology Preview está disponível para macOS (10.14 e 10.15) a partir da Mac App Store para qualquer usuário que tenha baixado-o. Confira as notas de liberação completas da versão 99.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários