Twitter adiciona reações às DMs; Telegram, Tinder e SwiftKey são atualizados

Mais apps foram atualizados recentemente com novidades e melhorias. Entre eles, o Twitter adicionou reações às respostas das mensagens diretas (direct messages, ou DMs), enquanto o Telegram apresentou novidades para as enquetes.

Além disso, o Tinder está adicionando ainda mais recursos de segurança e confiabilidade ao seu app, como veremos a seguir. Por fim, a Microsoft atualizou o seu Teclado SwiftKey com algumas novidades.

Vamos a elas?

Twitter


Ícone do app Twitter

Twitter

de Twitter, Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 8.15 (125.8 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

O Twitter anunciou, nesta semana, um novo recurso para aumentar a interação entre os usuários na sua plataforma: o suporte às reações com emojis em repostas nas DMs. Assim como no Messenger ou no próprio iMessage, essas reações se restringem a cada uma das mensagens — ou seja, você pode amar, curtir ou não gostar em cada uma delas especificamente, sem precisar digitar nada.

Reação de mensagens no Twitter

Para usar as novas reações dos emojis no Twitter, basta tocar no pequeno ícone de coração que aparece à direita de cada balão de mensagem ou toque duas vezes sobre ela para revelar o menu de reações. Seja numa conversa particular ou num grupo, todos os integrantes verão suas reações às mensagens.

O recurso começou a ser testado no ano passado, mas foi disponibilizado universalmente na web e no seu app apenas há pouco. A página de suporte do Twitter observa que qualquer pessoa que use uma versão mais antiga do app oficial verá apenas texto em vez de emojis.

Telegram Messenger


Ícone do app Telegram Messenger

Telegram Messenger

de Telegram FZ-LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 6.0.1 (172.4 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior

O Telegram lançou uma atualização recentemente voltada para o seu recurso de enquetes. Chamado “Enquetes 2.0”, o mensageiro incorpora agora algumas novidades à opção que já existia, são elas:

  • Votos visíveis: agora é possível criar enquetes nas quais todos do grupo/canal podem ver quem votou em qual opção.
  • Múltiplas respostas: quando apenas uma única reposta para cada participantes não é opção, basta criar uma enquete com múltiplas opções de respostas para que cada pessoa vote naquelas que mais lhe convém.
  • Modo quiz: para o puro divertimento do pessoal, também pode-se criar enquetes que têm somente uma resposta certa.

Ainda com relação às novas enquetes, o Telegram disse que criou uma API1 de bots com algumas opções bem criativas que podem ser usadas pelos usuários (como essa do pacote de stickers “Grandes Mentes” ou esse do “Know your Meme“).

Por fim, essa atualização do Telegram inclui uma nova opção de personalização do balão de mensagens. Com isso, você pode ajustar a aparência dos balões de mensagens para mais arredondadas (ou mais quadradas) nas configurações do app.

Tinder


Ícone do app Tinder- conhecer pessoas novas

Tinder- conhecer pessoas novas

de Tinder Inc.

Compatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 11.12.0 (144 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

O app de relacionamento anunciou o lançamento de alguns novos recursos de segurança que incluem: verificação de fotos e perfis, botão de pânico e sinalização de mensagens potencialmente ofensivas.

O sistema de verificação de fotos exige que os usuários tirem uma selfie em tempo real que corresponde à foto exibida pelo app. Essas fotos são enviadas para a equipe do Tinder, que por sua vez verifica se cada usuário é ele mesmo. Se tudo estiver correto, os usuários receberão um selo de “verificado” que pode evitar possíveis golpes.

Não há informações se todos os usuários deverão atualizar suas fotos a partir do novo recurso; além disso, essa opção está disponível, por ora, na Irlanda e em Taiwan — e em breve será implementada em mais países.

Ademais, o Tinder fechou uma parceria com o app de segurança Noonlight para adicionar um botão de pânico no app, além de fornecer informações de segurança importantes. Essa novidade, por sua vez, estará disponível somente nos EUA.

Por fim, um novo sistema identificará e sinalizará mensagens potencialmente ofensivas. Os remetentes terão a chance de editar a mensagem e os destinatários serão perguntados se o conteúdo é inapropriado — nesse caso, a pessoa que enviou a mensagem será denunciada.

Teclado SwiftKey


Ícone do app Teclado SwiftKey

Teclado SwiftKey

de SwiftKey

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 2.7.6 (118.8 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

Como dissemos, a Microsoft também atualizou o SwiftKey para iOS com suporte para o controle do cursor nos novos iPhones. O cursor do app pode ser usado ao pressionar e segurar a barra de espaço.

Além disso, a empresa corrigiu um bug nos dispositivos rodando o iOS 10 que causava a redução horizontal do tamanho do teclado.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários