Apple fará doação para ajudar no combate ao Coronavírus

Se você não estava hibernando nos últimos dias, com toda certeza ouviu falar do Coronavírus, um vírus da mesma família da SARS (severe acute respiratory syndromes, ou síndrome respiratória aguda grave) que surgiu na cidade de Wuhan (China).

Ele já causou 41 mortes e contaminou cerca de 1.300 pessoas — 177 delas estão em estado grave. As autoridades do país também estão monitorando outros 1.072 casos suspeitos. Até o momento, além da China (que tem o maior número de confirmações da doença), Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Hong Kong, Japão, Macau, Malásia, Nepal, Singapura, Tailândia, Taiwan e Vietnã já identificaram e isolaram pacientes com o Coronavírus. Ou seja, a coisa está se espalhando a ponto de o governo chinês suspender todas as viagens turísticas que partem do país para tentar conter o surto.

Como sempre acontece nesses casos, Tim Cook foi ao Twitter prestar a sua solidaridade e informar que a Apple vai ajudar:

À medida que as pessoas na China e em todo o mundo comemoram o Ano Novo Lunar, enviamos nosso amor e apoio aos muitos afetados pelo Coronavírus. A Apple fará uma doação para grupos terrestre, ajudando a apoiar todos os afetados.

O valor da ajuda não foi informado, mas é bom ver empresas como a Apple se mexendo para ajudar em situações como essa.

Tratores escavando para a construção de hospital na cidade de Wuhan
Tratores escavando para a construção de hospital na cidade de Wuhan | STR/AFP

Paralelamente, a China construirá dois hospitais (o primeiro com 1.000 e o segundo com 1.300 leitos) na cidade de Wuhan para tratar os pacientes infectados. Sim, dois hospitais serão construídos pelo governo chinês, o primeiro com um prazo de uma semana e o segundo em duas semanas! 😳

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários