Pentágono

Há algumas semanas, informamos que a Apple havia abocanhado comprado a startup Xnor.ai, especializada em inteligência artificial.

Publicidade

Ainda que o acordo de — supostamente — US$200 milhões tenha sido fechado apenas alguns dias atrás, a Maçã já decidiu chacoalhar as coisas na startup, começando com um projeto que a empresa tinha com o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. A notícia é do The Information.

De acordo com a publicação, a Apple teria ordenado que a Xnor.ai suspendesse o Projeto Maven (em parceira com o Pentágono), logo após a aquisição. Anunciado em 2017, o projeto buscava desenvolver tecnologias de visão computacional capazes de analisar autonomamente dados capturados por drones militares e outros sistemas de imagens.

Para alcançar esse objetivo, no entanto, o governo americano está trabalhando com vários especialistas do setor privado para desenvolver a tecnologia, entre elas (até então) a Xnor.ai. Contudo, pessoas familiarizadas com o projeto disseram que a Apple teria tirado a startup de cena devido a possíveis implicações na privacidade de usuários que essa tecnologia poderia ter.

Publicidade

Além da Apple, o Google também estava envolvido com o Projeto Maven; diferentemente da Maçã, no entanto, a gigante de Mountain View optou por deixar o barco após diversos protestos de funcionários.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…