Coronavírus: Apple fechará lojas, escritórios e centros de contato na China até o dia 9 de fevereiro

Os casos de pessoas infectadas com o Coronavírus continuam surgindo na China e, com isso, a Apple teve que rever seus planos no país. Até então, como informamos, a empresa havia fechado três lojas (nas cidades de Qingdao, Nanjing e Fuzhou). Segundo a empresa, elas seriam reabertas nos dias 3 e 4 de fevereiro; agora, não mais.

Em um comunicado enviado para Mark Gurman (da Bloomberg), a empresa disse o seguinte:

Nossos pensamentos estão com as pessoas imediatamente mais afetadas pelo Coronavírus e com aquelas que trabalham dia e noite para estudá-lo e contê-lo. Com muita cautela e com base nos conselhos mais recentes dos principais especialistas em saúde, estamos fechando todos os nossos escritórios corporativos, lojas e centros de contato na China continental até 9 de fevereiro. A loja online da Apple na China permanece aberta. Continuaremos a monitorar de perto a situação e esperamos reabrir nossas lojas o mais rápido possível.

Ou seja, basicamente toda a operação da empresa será pausada no país por uma semana, até o dia 9 de fevereiro.

Há alguns dias, a Organização Mundial de Saúde declarou o surto do coronavírus (que começou na cidade de Wuhan e se expandiu para dezenas de países) uma emergência de saúde pública global. De acordo com as últimas notícias, 304 pessoas já morreram na China por conta do Coronavírus; o número atual de infectados é de 2.590.

No Brasil há 16 casos suspeitos de Coronavírus, de acordo com informações do Ministério da Saúde, sendo 8 em São Paulo, 4 no Rio Grande do Sul, 2 em Santa Catarina, um no Paraná e um no Ceará.

Posts relacionados

Comentários