Pro Display XDR bate recordes em testes realizados pela PCMag A avaliação foi tão boa que o monitor foi premiado como a "Escolha do Editor" da revista

Quem aqui lembra da apresentação do Pro Display XDR? A Apple quis deixar claro, na época, que ele batia de frente — na verdade era até melhor em muitos casos — que monitores profissionais caríssimos (sim, mais caros que o próprio monitor dela). Mas será que ele é isso tudo mesmo? A PCMag publicou uma análise completa dele, justamente fazendo esse comparativo com displays referências do mercado.

Publicidade

O detalhamento da revista é bastante técnico e extenso, mas vale a pena destacar alguns dos comparativos e análises do monitor.

Adobe RGB

A cobertura do padrão Adobe RGB é bastante importante para edições de fotos e vídeos. E o desempenho do monitor foi bastante positivo, ficando atrás apenas do Dell U3219Q 4K:

  • Dell U3219Q 4K: 98,1%
  • Pro Display XDR: 96,7%
  • Razer Raptor 27: 89,2%
  • ASUS ROG Strix XG438Q: 83%
  • Acer Predator X35: 80%

Gama de cores (DCI-P3)

No quesito gama de cores (DCI-P3), que avalia a precisão com que o monitor pode exibir conteúdo de filmes e TV em aplicativos de edição, o display da Apple se destacou, garantindo (segundo a PCMag) um recorde histórico entre os monitores testados por eles: 98,7% de cobertura, basicamente dentro do valor anunciado pela Apple (de 99%). O Alienware 55 (monitor OLED1 até então vencedor do teste) atingiu uma cobertura de 96,5%.

Brilho

Nesse teste, o Pro Display XDR foi capaz de exibir o conteúdo em um pico de 1.560,9 nits em HDR2, também muito próximo ao prometido pela Apple (1.600 nits).

Não menos importante, a revista afirmou que os níveis de preto do monitor são muito semelhantes aos encontrados em monitores OLED, de apenas 0,04 — a medida mais baixa que eles já viram em um display sem ser OLED. Mesmo com o brilho SDR ajustado em 499 nits, a taxa de contraste ficou em 12.460:1.

Precisão de cores

Sim, o Pro Display XDR também bateu recorde nos testes de precisão de cores. Segundo a PCMag, esse aspecto é importante para quem trabalha na criação de conteúdo de nível profissional pois ter o “laranja mais laranja” significa que você está trabalhando com cores da maneira mais precisa.

Pro Display XDR

Para isso, é utilizado a medida conhecida como delta E (ou dE); quanto menor o dE em um monitor, mais preciso ele exibe a cor que está tentando produzir. Nos três testes realizados — nas três configurações predefinidas de espaço de cores no Pro Display XDR (sRGB, Adobe RGB e DCI-P3) —, a pontuação mais baixa foi de 0,68dE. Qualquer pontuação abaixo de 1dE é “de primeira linha”, segundo a revista.

Todos esses testes foram feitos utilizando as configurações de calibração de fábrica da Apple. Isso porque não há como calibrar o Pro Display XDR, embora a Apple tenha prometido para breve liberar as configurações de aspectos como balanço de branco e gama de cores.

Publicidade

Ainda assim, a PCMag afirmou ser improvável obter resultados menores de dE, mesmo controlando manualmente essas configurações.

Conclusão

Eis os prós e contras levantados pela revista:

PrósContras
Precisão de cores excepcionalSuporte supercaro
DisplayHDR 1600 parece incrívelNão há entradas além de USB-C
Alto contrasteA versão em painel fosco custa US$1.000 a mais
Construção robusta
Belo design
Funciona com o Windows no Boot Camp ou com hardware especializado de fluxo de trabalho de broadcast

A PCMag elogiou bastante o Pro Display XDR, concedendo-lhe o prêmio de Escolha do Editor.

No geral, o XDR faz exatamente o que se propõe: fornecer recursos de produção com qualidade de referência aos criadores que trabalham exclusivamente em Macs.

O monitor da Apple já está à venda no Brasil por R$45.000 (vidro padrão) ou por R$54.000 (vidro nano-texture, que tem uma refletividade ainda mais baixa). O Pro Stand, por sua vez, sai por R$8.700 — quem preferir por optar pelo adaptador de montagem VESA (para usar em qualquer suporte de parede, de mesa, base ou braço articulado VESA), são R$1.700.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…