A Apple está entre várias empresas de tecnologia com planos de lançar carregadores GaN1 neste ano, de acordo com uma nova publicação do Caifa News [Google Tradutor].

Segundo as informações do veículo, além da Maçã, a Xiaomi, a Huawei, a Samsung e a Oppo têm planos para desenvolver adaptadores de energia com essa tecnologia, a qual pode fornecer soluções de carregamento rápido por meio de uma interface USB-C.

A Xiaomi, mais precisamente, lançou recentemente um novo carregador GaN. Ele vem com uma interface USB-C (com suporte a recarga rápida) de até 65W e pode fornecer uma carga completa num Mi 10 Pro em 45 minutos.

Especificamente, a tecnologia GaN usa menos componentes que os carregadores comuns e possibilita que eles sejam ainda menores — em alguns casos, até 50% menores. Atualmente, existem algumas boas opções de carregadores GaN compatíveis com Macs no mercado, como esse da Belkin e esse da HYPER.

Não se sabe a Maçã fabricaria mais de um modelo de carregador (com diversas fases de potência) ou apenas um modelo capaz de recarregar múltiplos gadgets. De acordo com o Caifa News, seria possível usar o modelo de 65W para carregar iPhones com 50% a mais de velocidade em relação ao carregador de 5W (que vem na caixa do iPhone 11).

Usando o carregador de 65W para carregar o iPhone 11, a velocidade de carregamento é superior à do carregador original de 5W em cerca de 50%.

Outra hipótese é que o (possível) novo carregador se beneficiaria da capacidade de ajustar a saída automaticamente, para fornecer energia a diversos dispositivos de forma segura. Se esse for o caso, poderemos ver carregadores da Apple mais versáteis, suportando iPhones, iPads e Macs, por exemplo.

via Gizchina

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…