IRPF 2020: software para declaração do Imposto de Renda já está disponível [atualizado 2x]

A Secretaria da Receita Federal do Brasil já liberou o download do software para declarar e enviar o Imposto de Renda 2020. Os contribuintes, no entanto, só poderão enviar as declarações preenchidas quando dentro do prazo de entrega, que vai do dia 2 de março às 8h até as 23h59 do dia 30 de abril.

Publicidade

Quem atrasar a entrega terá de pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$165,74 e o máximo é de 20% do imposto devido.

Quem deve declarar

Assim como em 2019, a declaração é obrigatória para pessoas físicas que residem no Brasil e que receberam, no ano passado, rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 (mesmo valor do IRPF 2019).

Também devem declarar contribuintes que:

Publicidade
  • Receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$40.000,00 no ano passado.
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2019, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
  • Recebeu mais de R$142.798,50 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano de 2018 ou nos próximos anos.
  • Quem teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$300.000,00.
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2018.
  • Quem vendeu um imóvel e comprou outro num prazo de 180 dias, usando a isenção de IR no momento da venda.

Como preencher a declaração?

Como dissemos, o app para preencher o IRPF 2019 já está disponível para macOS, Windows, iOS, Android, Linux (32 bits), Linux (64 bits), Solaris/outros ou em versão multiplataforma.


Ícone do app Meu Imposto de Renda

Meu Imposto de Renda

de Serpro

Publicidade
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 7.0.4 (29.6 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior
Screenshot do app Meu Imposto de RendaScreenshot do app Meu Imposto de RendaScreenshot do app Meu Imposto de RendaScreenshot do app Meu Imposto de RendaScreenshot do app Meu Imposto de Renda

Para contribuintes com Certificado Digital que tenham entregado a declaração em 2019, é possível optar pela declaração pré-preenchida, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC).

Como no ano passado, o contribuinte pode escolher entre o modelo de declaração completo ou simplificado. Na modalidade simplificada, o desconto de 20% é aplicado sobre os rendimentos tributáveis, como saúde e educação (sendo que o limite da declaração para obter esse desconto é de R$16.754,34).

Na declaração completa, o contribuinte poderá declarar gastos de até R$2.275,08 para cada dependente, R$3.561,50 para educação e R$1.200,32 sobre a remuneração de empregados domésticos — despesas como planos de saúde, consultas médicas e exames seguem sem limite de dedução.

·   •   ·

A expectativa é de que 32 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo, ante 30,7 milhões entregues no ano passado. A Receita Federal já anunciou que antecipará em alguns meses a restituição do IR.

dica do Anderson Silva

Atualização, por Eduardo Marques 26/02/2020 às 12:00

Está enfrentando problemas para rodar aplicativo para macOS? Saiba como resolvê-los nesse artigo.

Atualização II, por Eduardo Marques 01/04/2020 às 20:02

Por conta da pandemia do Coronavírus (COVID-19), a Receita Federal adiou a entrega da declaração do Imposto de Renda 2020 para o dia 30 de junho.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…