Relatório aponta redução nos testes da Apple com carros autônomos

Carro da Lexus utilizado pela Apple (Apple Car)
Lexus RX 450h utilizado pela Apple para testes do "Projeto Titan"

Anualmente, empresas que operam na Califórnia e realizam testes com carros autônomos são obrigadas a entregar relatórios detalhados ao Department of Motor Vehicles (DMV), o “Detran de lá”.

Publicidade

Ontem, o DMV californiano divulgou dados sobre todos os testes realizados de 1º de dezembro de 2018 a 30 de novembro de 2019, e vemos que a Apple no último ano reduziu bastante os seus testes com veículos autoguiados.

Em 2018, para vocês terem uma ideia, os carros da Apple percorreram mais de 128 mil quilômetros; já em 2019, apenas 12 mil — em conformidade, é claro, com a própria redução da sua frota.

A taxa de desimpedimentos (disengagements) da Apple também despencou, para 8,48 por 1.000 milhas dirigidas contra 872 por 1.000 no ano anterior. Isso pode significar que a empresa fez grandes avanços nos sistemas autônomos dos veículos, os quais necessitaram de bem menos intervenção humana — mas ela também pode ter se tornado bem menos “conservadora” nesses registros.

Publicidade

Embora ainda haja trabalho sendo feito, toda a expectativa em torno do “Projeto Titan” se dissipou bastante nos últimos meses e pouco tem se falado sobre esse rumor. De qualquer maneira, as últimas previsões eram mesmo de que só veríamos algo concreto saindo disso lá para 2023-25.

Curiosamente, em agosto de 2018 a Apple recontratou Doug Field, que estava até então atuando como chefe de produção na Tesla. Isso reacendeu fortemente as esperanças quanto ao interesse da companhia nesse projeto.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…