Coronavírus: Apple envia iPads, lanches e produtos de higiene para funcionários isolados na China

Após uma semana com redução no número de novos casos de Coronavírus (COVID-19) na China, o país voltou a registrar um aumento de novas infecções no último fim de semana, de acordo com uma reportagem da VEJA. Nos últimos sete dias, foram contabilizadas 573 novas contaminações, o número mais alto em uma semana até agora.

Justamente por isso, algumas medidas de segurança estão sendo mantidas para evitar uma “explosão de contaminações”, como o isolamento da cidade de Wenzhou e da província de Hubei, dois epicentros da doença. Nesses locais, porém, parte da população sofre para adquirir produtos de limpeza e alimentos, entre eles funcionários da Apple que ainda estão em isolamento.

Para ajudá-los nesse período, a Apple enviou “kits de assistência” que contêm um iPad (7ª geração), mascarás, desinfetante para as mãos, lanches e outros produtos de necessidade básica, de acordo com uma publicação feita na rede social chinesa Weibo.

Uma carta anexa a cada pacote diz que os iPads foram fornecidos para ajudar com o aprendizado de crianças e a “passar o tempo durante a estadia prolongada em casa”. Confira nossa tradução livre da nota:

Caros colegas em Hubei e Wenzhou,

Esperamos encontrá-los bem e com saúde. Desde a última comunicação com cada um de vocês, entendemos que todos permanecem fortes neste momento desafiador. Compreendemos as dificuldades que estão enfrentando e gostaríamos de oferecer nosso melhor suporte para vocês e suas famílias. Hubei e a cidade de Wuhan foram as mais atingidas pelo surto de Coronavírus, que já matou 2.835 pessoas na China.

Estamos enviando nossos melhores desejos a vocês, em nome de toda a equipe da Apple, juntamente a um kit de cuidado para vocês e suas famílias. No kit, você encontrará itens de necessidade básica e um ‌iPad‌ que pode ser usado para facilitar o aprendizado online das crianças ou para ajudá-los a passar o tempo durante a estadia prolongada em casa.

Além disso, uma série de serviços de aconselhamento e consulta foi preparada especialmente para vocês nesse período.

Enquanto mais da metade das lojas da Apple reabriu em horário reduzido na China, muitas equipes de varejo, escritórios e manufatura da companhia permanecem em casa. Não há informações, contudo, sobre quais funcionários receberam os kits de assistência; uma menção a “pessoas isoladas fora de casa” sugere que os colaboradores assistidos não residem em Hubei ou Wenzhou, mas foram afetados durante o surto da doença.

Além disso, de acordo com a publicação na rede social chinesa, as famílias que receberam os kits se sentiram “movidas” pelos esforços da Apple.

De fato, uma atitude honorável!

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários