Apple alerta sobre escassez de iPhones para substituição por conta do Coronavírus Não quebre o seu iPhone por agora

Ainda que a Apple esteja tentando manter tudo sob controle na medida do possível, os efeitos do surto de Coronavírus (COVID-19) se espalham por todos os aspectos da operação da empresa. Agora, temos a vítima mais recente da epidemia: o serviço de reparos e substituições oferecido pela Maçã e suas parceiras.

De acordo com a Bloomberg, a Apple emitiu um aviso aos funcionários das suas lojas — aos técnicos responsáveis pelos reparos de iPhones, mais especificamente — alertando quanto ao fato de que peças para consertos poderão sofrer com escassez nas próximas semanas ou meses. Além disso, iPhones de substituição (aqueles que são entregues aos usuários quando seus aparelhos apresentam defeitos não-reparáveis) também poderão ficar em falta em algumas localidades.

O comunicado instrui os profissionais a enviar os iPhones de substituição aos usuários por correio, além de oferecer aparelhos por empréstimo durante o tempo de espera — tudo para aliviar a demanda imediata por aparelhos do tipo. A empresa não especificou as razões para a escassez, mas fica claro que o fenômeno é mais uma consequência dos efeitos do Coronavírus.

Não há informações se o comunicado estende-se para as lojas da Apple fora dos Estados Unidos ou para as Apple Premium Resellers e Centros de Serviço Autorizados da empresa. Ainda assim, considerando que o “epicentro” dos reparos da Maçã (suas lojas próprias nos EUA) será afetado… bom, eu diria que não é uma boa ideia quebrar o seu iPhone pelos próximos meses.

Reabertura das lojas na China

Numa nota relacionada, o Bloomberg também informou que praticamente todas as lojas da Apple na China já estão funcionando.

Das 42 Apple Stores existentes no país, 38 já abriram suas portas novamente — ainda que em horários alternativos/limitados, que variam de acordo com cada loja.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários