McEnery Convention Center em San Jose (Califórnia)

Há alguns dias, nós comunicamos que a conferência para desenvolvedores do Facebook foi cancelada (pelo menos a parte física dela, já que tudo acontecerá de forma virtual) por conta do surto do Coronavírus (COVID-19). No artigo, comentamos que as próximas a seguirem esse caminho seriam as conferências do Google e a da Apple, e isso se confirmou.

Na última terça-feira (3/3), o Google estampou uma mensagem no site oficial do evento anunciando o seu cancelamento e informando que está avaliando “outras maneiras de desenvolver o Google I/O para se conectar melhor à nossa comunidade de desenvolvedores”. A empresa também já havia cancelado (o lado físico do evento) o Google Cloud Next ’20, que agora acontecerá de forma virtual entre os dias 6 e 8 de abril. A Microsoft, por sua vez, cancelou o MVP Summit (que aconteceria entre os dias 16 e 19 de março, mas agora será um evento todo online).

De ontem para hoje, o Condado de Santa Clara (Califórnia, Estados Unidos) emitiu um alerta sobre o Coronavírus citando seis casos já confirmados por lá e solicitando, portanto, que grandes empresas como Apple e Google cancelem seus eventos e conferências, bem como imponham restrições de viagens a seus empregados e estimulem trabalho remoto — principalmente entre os que estão com algum sintoma de doença.

San Jose, onde fica o McEnery Convention Center — local escolhido pela Apple para as três últimas Worldwide Developer Conferences —, é a principal e a maior cidade do Condado de Santa Clara.

A grande diferença da Apple para todas as outras empresas que já cancelaram seus eventos/conferências até aqui é que a WWDC 2020 simplesmente ainda não foi sequer anunciada. Ou seja, ela não terá que ser “cancelada”; o que a Apple provavelmente fará, em algum momento das próximas semanas, é anunciar o evento num formato bem diferente do que estamos acostumados.

Muito provavelmente, a Apple ainda fará uma keynote de abertura para apresentar e detalhar todas as novidades dos seus novos sistemas operacionais (quem sabe realizada no próprio Steve Jobs Theater do Apple Park, para poucos convidados e membros da imprensa), oferecendo sessões/labs online durante uma semana inteira.

Há quem também tenha levantado a hipótese de a Apple simplesmente adiar a WWDC 2020, mas acho isso bastante remoto considerando que ela tem um cronograma bem definido para apresentar seus novos sistemas, iniciar todos os testes e deixar o iOS pronto para a chegada de novos iPhones em setembro. Ou seja, não há como fugir disso.

O Coronavírus vem acabando com diversos eventos espalhados pelo mundo, entre eles — além dos comentados acima — o Mobile World Congress (MWC; em Barcelona, Espanha), a Game Developers Conference (GDC; em San Francisco, EUA), o Geneva International Motor Show (Gims; em Genebra, Suíça), entre outros.

No mundo, já são quase 100 mil casos confirmados de pessoas infectadas com o Coronavírus, com pouco mais de 3 mil mortes em decorrência da doença; nos EUA, especificamente, já são 11 mortes.

via The Verge

Posts relacionados

Comentários