App GitHub para iOS e Android deixa fase beta e ganha novidades

GitHub para iOS

Há alguns meses, falamos aqui da chegada do aplicativo oficial do GitHub para iOS — a primeira grande iniciativa da plataforma de hospedagem de código-fonte após sua aquisição pela Microsoft. À época, o app ainda estava em fase beta, disponível somente para interessados que participassem do programa de distribuição no TestFlight.

Agora, não mais: o aplicativo já chegou à versão final, com novidades e disponibilidade geral para todos os usuários (no iOS e no Android, também).


Ícone do app GitHub

GitHub

de GitHub

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.0.1 (25.3 MB)
Requer o iOS 12.2 ou superior
Screenshot do app GitHubScreenshot do app GitHubScreenshot do app GitHubScreenshot do app GitHub

No geral, o propósito do app continua o mesmo: a ideia não é oferecer um ambiente de desenvolvimento completo (que continua sendo exclusivo dos computadores), e sim uma central de organização e acompanhamento do desenvolvimento de projetos. É possível conferir a escrita do código dentro de uma equipe, por exemplo, além de organizar e atribuir tarefas, e deixar comentários em partes específicas dos trabalhos.

No geral, o aplicativo não tem muitas mudanças em relação àquele distribuído na fase beta, mas temos melhorias, também: já é possível, por exemplo, visualizar todos os arquivos dentro de um determinado repositório — antes, só era possível abrir o arquivo README, para referência.

O GitHub Mobile está oficialmente deixando a fase beta e entrando em disponibilidade geral hoje. Leia mais e baixe: github.com/mobile/

Além disso, segundo o diretor de engenharia do GitHub, Ryan Nystrom, os últimos meses foram de aperfeiçoamento do aplicativo: a equipe de desenvolvimento do app consertou mais de 200 bugs, lidou com mais de 400 mil notificações e fundiu mais de 20 mil mudanças no código. Foram, no total, mais de 60 mil desenvolvedores supervisionando a criação do app — no melhor espírito de colaboração que é a “alma” do GitHub.

O aplicativo oficial da plataforma já pode ser baixado gratuitamente na App Store e no Google Play — no caso do iOS, inclusive, ele conta com uma versão adaptada para iPads que divide a interface em duas colunas e permite a visualização rápida de conteúdos. Para os desenvolvedores do mundo, vale a pena conferir.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários