Enquanto a pandemia de Coronavírus (COVID-19) segue afetando múltiplos mercados e países ao redor do mundo, a Apple continua se ajeitando da melhor forma que pode nesse momento.

Publicidade

Nesse sentido, a Siri está agora instruindo usuários a obter informações sobre a pandemia de fontes oficiais — no caso do Brasil, o Ministério da Saúde. Além disso, a empresa removeu o limite de compras de aparelhos pela Apple Online Store, que havia sido implementado na semana passada.

Siri e a COVID-19

Como dissemos, a Siri agora está ajudando usuários a encontrarem informações corretas sobre a pandemia. A iniciativa segue a filosofia da empresa de divulgar apps sobre o vírus somente de fontes oficiais.

Informações da Siri sobre o COVID-19

Ícone do app Coronavírus - SUS

Coronavírus - SUS

de Governo do Brasil

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 2.3.1 (99.4 MB)
Requer o iOS 13.5 ou superior

Nos Estados Unidos, por sua vez, a assistente virtual está ajudando pessoas a detectarem sintomas da doença com a ajuda de informações do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e do Serviço de Saúde Pública dos EUA (uma divisão do Departamento de Saúde e Serviços Humanos).

Publicidade

Limite de compras na Apple Online Store

Na semana passada, a Apple implementou um limite de compras online para evitar a escassez de alguns produtos durante a pandemia da COVID-19. Agora, porém, considerando que a produção de gadgets na China está voltando ao normal, a empresa decidiu remover essa restrição em várias regiões.

Ela havia colocado em prática alguns limites, como cinco unidades do MacBook Air e do Mac mini por consumidor, duas unidades de iPads Pro (de cada tamanho), duas de iPhones (variando entre cada modelo), etc.

Alguns limites ainda precisam ser removidos na China — por lá, embora não exista restrições nas compras de iPhones, iPads Pro e ‌Mac mini‌, ainda há o limite de cinco unidades do ‌MacBook Air‌ por pedido.

Publicidade

via CNBC, Reuters

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…