Apple estaria considerando adiar lançamento do “iPhone 12” em alguns meses

Em condições normais de temperatura e pressão, qualquer um cravaria que os executivos da Apple subiriam no palco do Steve Jobs Theater em algum momento de setembro para apresentar a família do “iPhone 12”, tendo como principal chamariz a inclusão do 5G e (possivelmente) um design levemente renovado.

O mundo, entretanto, está longe de estar em condições normais de temperatura e pressão — e essa expectativa, portanto, também está sob intensa dúvida.

De acordo com um relatório publicado hoje pelo Nikkei, a alta cúpula da Apple estaria considerando adiar o lançamento do “iPhone 12” — não há um prazo específico para o possível adiamento, mas as fontes ouvidas pela publicação citam a possibilidade de “meses”.

O motivo, claro, é um só: a pandemia de Coronavírus (COVID-19) tem causado impactos fortíssimos em todos os aspectos da cadeia de produção e venda do iPhone. De um lado, a montagem do aparelho na China poderá ser comprometida pelos próximos meses, até que a situação volte à plena normalidade; até mesmo o ciclo de planejamento dos aparelhos foi prejudicado, já que as restrições de viagens entre países (incluindo Estados Unidos e China) impediu que executivos e técnicos se encontrassem para discutir detalhes.

Esses não são os principais motivos para o possível adiamento, entretanto: a Apple está preocupada com um prospecto (cada vez mais concreto) de economia combalida no segundo semestre; um cenário desse tipo poderia, sem dúvidas, arrefecer o interesse de potenciais compradores dos próximos iPhones.

É exatamente isso que a empresa não quer. Segundo as fontes ouvidas pelo Nikkei, a Maçã quer causar grande impacto com o lançamento dos primeiros iPhones equipados com 5G — o que é até compreensível: já que a Maçã será a última das gigantes a abraçar a tecnologia, que isso seja feito de forma barulhenta.

Se o mercado estiver num momento de baixa ou recuperação, portanto, é bem provável que a empresa escolha adiar o lançamento em alguns meses. Uma das fontes do relatório afirmou algo parecido com todas as letras: “eles precisam que o primeiro iPhone com 5G seja um sucesso”.

Obviamente, por enquanto tudo isso deve ser tratado como especulação: nem os próprios executivos da Apple ainda bateram o martelo sobre um possível adiamento dos próximos iPhones. A matéria mostra, entretanto, que as cartas estão na mesa — como outros rumores recentes já haviam sugerido. Aguardemos.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários