Eddy Cue entra para conselho diretor de ONG dedicada à mídia

E cá estamos nós de novo com mais idas e vindas de Cupertino! Bom… de certa forma, como veremos a seguir.

Publicidade

Eddy Cue

Calma, calma: o vice-presidente sênior de software e serviços para internet da Apple continua exatamente onde está. A diferença é que, agora, Eddy Cue meio que acumulará funções: ele foi recentemente nomeado ao conselho diretor do Paley Center for Media, uma organização sem fins lucrativos dedicada a “celebrar a relevância cultural, criativa e social da mídia, bem como seu impacto na sociedade”.

Eddy Cue

O conselho diretor da ONG é totalmente composto por executivos de grandes empresas dos Estados Unidos, especialmente das áreas de mídia e entretenimento — coisa na qual Cue, com sua liderança do Apple TV+ e do Apple Music, é especialista.

Outras figuras importantes do conselho incluem Andrew Wilson, da Electronic Arts, e Alex Rodriguez, ex-jogador de beisebol e CEO da A-Rod Corp.

Publicidade

Rubén Caballero

Já falamos aqui, em abril passado, sobre a despedida de Rubén Caballero, um dos principais executivos da área de telecomunicações da Maçã e que liderava o desenvolvimento do modem 5G próprio de Cupertino. Pois Caballero já tem um novo lar profissional: a Humane.

Para quem não tem acompanhado o noticiário tecnológico, a Humane é a startup mais misteriosa do Vale do Silício. A empresa tem como objetivo “criar o próximo paradigma entre seres humanos e computação” — mas ainda não detalhou o que quer dizer com isso, nem o que exatamente está desenvolvendo em seus laboratórios. 😕

A startup, vale notar, foi criada por dois ex-engenheiros da Apple (Imran Chaudhri e Bethani Bongiorno) e tem contratado um bocado de gente de Cupertino. Na Humane, Caballero desempenhará o papel de conselheiro técnico — seja lá do que for que a empresa estiver criando. Alô, Skynet?

Publicidade

Jeff Risher

Por fim, o veterano da Maçã Jeff Risher foi contratado recentemente pela Aira, empresa especializada em carregamento sem fio — sim, aquela mesma que desenvolveu a tecnologia FreePower, utilizada pela Nomad no seu carregador similar ao AirPower.

Risher passou quase nove anos na Apple, desempenhando o papel de diretor de litígios entre 2006 e 2013 e, em seguida, como diretor de estratégias e licenciamento de patentes até 2015. O executivo também teve passagens pela Tesla e pela Faraday Future, sendo considerado um dos maiores especialistas da área de propriedade intelectual, licenciamento de patentes e parcerias estratégicas.

Na Aira, Risher será o diretor-geral de desenvolvimento de negócios e estratégia corporativa; ele lidará, ainda, com assuntos legais relacionados à companhia. Boa sorte para ele, então!

Publicidade

via iMore, Apple World Today [1, 2]

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…