Uma nova pesquisa publicada pela Counterpoint Research mostra que o número de novos assinantes dos serviços de streaming de música cresceu 32% em 2019 — atingindo cerca de 358 milhões de assinaturas.

Publicidade

Como podemos imaginar, o Spotify continua líder do segmento, aglomerando aproximadamente 31% da receita desse mercado e 35% do total de assinaturas. Já o Apple Music aparece logo em seguida, com 24% da receita geral e 19% do número de assinantes.

Pesquisa da CR sobre serviços de streaming de música

De acordo com a pesquisa, a base de assinantes da Maçã cresceu 36% em relação ao ano anterior. Esse número só não foi maior pois, segundo a CR, a Apple não possui uma “abordagem de duas etapas” para atrair os consumidores — como o Spotify, que possui a versão gratuita (com exibição de propagandas) para estimular os usuários a pagar pelo serviço.

No que tange à receita total, a firma explica que mais de 80% do faturamento vem de assinaturas, enquanto o restante provém de anúncios e parcerias com marcas e outras empresas. Além disso, a CR acredita que as assinaturas crescerão mais de 25% este ano, podendo ultrapassar 450 milhões.

Publicidade

A previsão é positiva mesmo com a pandemia do Coronavírus (COVID-19). De acordo com o analista Abhilash Kumar, o fato de as pessoas estarem em casa aumentará o número de assinaturas, mas não necessariamente do consumo de música, devido a uma “mudança” no foco dos consumidores para o rádio e a TV.

Esperamos que o setor de OTT1 sofra um aumento, pois as pessoas ficam em casa procurando ativamente as novidades. Durante essa pandemia, o consumo de OTT de áudio passou do streaming de música para o rádio. Pessoas em áreas altamente afetadas estão preocupadas com o surto e, portanto, sintonizadas com notícias na TV e no rádio. A atração de canais de notícias e podcasts registrou um aumento, enquanto a transmissão de músicas caiu.

Em junho passado o Apple Music tinha 60 milhões de assinantes e, provavelmente, esse número é bem maior agora — todavia, desde então, a companhia não atualizou a informação.

via Patently Apple

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…