Donos do iPhone XR processam a Apple por problemas de sinal

Uma ação coletiva movida recentemente contra a Apple acusa a companhia de ter “enganado intencionalmente os clientes” ao não divulgar diferenças de design e desempenho entre o conjunto de antenas MIMO 2×2 do iPhone XR e a configuração MIMO 4×4 dos iPhones XS e XS Max (todos lançados em 2018 pela empresa).

Mais precisamente, a denúncia alega que as antenas do iPhone XR seriam “substancialmente inferiores” às dos iPhones XS. Isso seria o motivo para que o modelo de entrada tivesse “metade da conectividade de sinal e da velocidade 4G dos modelos topos-de-linha.

De fato, testes realizados com os iPhones XR e XS, em 2018, mostraram uma performance melhor do modelo flagship, o que era esperado justamente pela configuração de antena mais avançada. Entretanto, não há como afirmar que a Apple ocultou essa característica do hardware, uma vez que a página de especificação do iPhone XR mostra claramente que o dispositivo possui uma antena “Wi-Fi 802.11ac com MIMO 2×2”.

Por outro lado, ao comparar diversos aparelhos no site da Maçã, é possível notar que em nenhum dos modelos a companhia informa a especificação da antena MIMO — seja para os modelos flagships ou os de entrada.

Quando questionada sobre os problemas de conectividade, a Apple apresentou aos usuários uma variedade de alternativas, desde a redefinição dos ajustes de fábrica até o contato com suas respectivas operadoras de rede. As publicações em fóruns, incluindo as páginas de suporte da Apple, também são citadas no processo como uma maneira de a companhia “negligenciar” o problema.

Os demandantes alegam violação da garantia implícita, dos direitos do consumidores da Califórnia (California Consumer Legal Remedies Act, ou CLRA), da Lei de Concorrência Desleal e fraude por ocultação. Por tudo isso, eles exigem o reconhecimento do status do processo como ação coletiva, além do pagamento de mais de US$5 milhões em multas e honorários advocatícios.

A Maçã não comentou o caso, por ora.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários