Logos da Apple e do Google

Em mais uma excelente iniciativa para ajudar no combate ao Coronavírus (COVID-19), Apple e Google anunciaram hoje uma parceria envolvendo a adição de uma tecnologia de rastreamento de pessoas em ambas suas plataformas móveis.

Publicidade

Nestas próximas semanas, até o começo de maio, o iOS e o Android serão atualizados com novos frameworks designados para apps de saúde pública que permitirão a usuários saberem se estabeleceram contato recente com alguém que já foi infectado pelo vírus.

O rastreamento de pessoas pode ajudar a diminuir a propagação da COVID-19 e pode ser feito sem comprometer a privacidade do usuário. Estamos trabalhando com @sundarpichai & @Google para ajudar autoridades de saúde a aproveitar a tecnologia Bluetooth de uma maneira que também respeite-se a transparência e o consentimento.
Para ajudar as autoridades de saúde pública a diminuir a disseminação da #COVID19, o Google e a @Apple estão trabalhando em uma abordagem de rastreamento de contato projetada com fortes controles e proteções para a privacidade do usuário. @tim_cook e eu estamos comprometidos em trabalhar juntos nesses esforços.

O mais importante é entender desde já que a iniciativa será opcional (opt-in) para os usuários de ambas as plataformas.

Todos nós na Apple e no Google acreditamos que nunca existiu um momento mais importante do que este para trabalharmos juntos com o objetivo de resolver um dos problemas mais urgentes do mundo. Por meio de uma estreita cooperação e de colaboração com os desenvolvedores, governos e prestadores de saúde pública, esperamos usar o poder da tecnologia para ajudar países ao redor do mundo a reduzir a propagação da COVID-19 e acelerar o retorno à vida cotidiana.

A primeira etapa, daqui até maio, será oferecer a tecnologia por meio de novas APIs, para fácil incorporação em apps de saúde pública. Mais para frente, nos próximos meses, Apple e Google integrarão isso de forma nativa/intrínseca em seus sistemas operacionais mobile.

Publicidade

Aos interessados, ambas as empresas divulgaram documentos detalhados de como tudo vai funcionar: Apple [PDF], Google [PDF]. A Maçã também colocou no ar uma página em seu site com mais informações, e a própria Organização Mundial de Saúde (OMS) também já trata da tecnologia no seu site.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…