Várias séries do Apple TV+ serão liberadas de graça por tempo limitado Excelente novidade para a quarentena

Em mais uma medida a favor da quarentena (e também para promover o seu serviço de streaming de vídeos), a Maçã começou a liberar hoje vários seriados do Apple TV+ de graça, por tempo limitado.

A oferta já está no ar nos Estados Unidos, pela página apple.co/FreeForEveryone, mas será disponibilizada mundialmente — em mais de 100 países, incluindo Brasil e Portugal — ainda hoje (sexta-feira, 10/4), de acordo com a Variety.

Entre as séries liberadas, estão “Dickinson”, “Ghostwriter”, “Helpsters”, “For All Mankind”, “Little America”, “Servant”, “Snoopy in Space” e “The Elephant Queen”. Ou seja, tem para todos os gostos.

A novidade é excelente para todos os que não adquiriram um produto Apple nos últimos meses e, portanto, não ganharam um ano inteiro de assinatura do Apple TV+. Lembrando que o serviço já está agora presente pelo app Apple TV em uma série de Smart TVs da Samsung e da LG.

30-40 milhões de assinantes?

A Apple nunca divulgou um número oficial de assinantes do serviço, então temos que nos basear em previsões de mercado/analistas para ter uma ideia do alcance da coisa.

Pois, de acordo com Dan Ives, analista da Wedbush Securities, o Apple TV+ teria atualmente entre 30 e 40 milhões de assinantes em todo o mundo — incluindo, é claro, todos os que ganharam o primeiro ano de graça na atual oferta da Maçã.

Comparativamente, o concorrente Disney+ — que tem um nome muito forte e muito mais conteúdo, porém por ora está disponível em poucos países — acaba de superar a marca de 50 milhões de assinantes. Em fevereiro eram 28,6 milhões, o que mostra que seu crescimento está acelerado (ainda mais com o planeta em isolamento).

Bastidores de “Amazing Stories”

Há alguns dias, a Apple divulgou no YouTube um vídeo de bastidores da série “Amazing Stories”, que é produzida por Steven Spielberg, Edward Kitsis e Adam Horowitz.

“O que acontece quando o ordinário toca o extraordinário?”

Os criadores de “Amazing Stories” discutem as maravilhas por trás da reimaginação do clássico de 1984.

Quem aí já viu ou está vendo a série? 😉

via AppleInsider, Cult of Mac

Posts relacionados

Comentários