O que muda no novo iPhone SE em relação ao antigo, ao 8 e ao XR Em alguns pontos, os mais velhos até superam os mais novos

Depois de semanas de espera e algumas previsões não concretizadas, finalmente aconteceu: o novo iPhone SE finalmente está entre nós, com seu corpinho de iPhone 8 e especificações internas de iPhone 11.

Publicidade

A frase acima já dá uma boa ideia do que os compradores poderão esperar do novo aparelho, mas não contam, obviamente, a história toda. E é exatamente para isso que estamos aqui: comparar o novo smartphone de “baixo custo” da Apple com os seus antecessores de corpo e alma — o iPhone SE original e o iPhone 8.

Também juntamos no comparativo o iPhone XR, que, apesar de ser um aparelho diferente em quase todos os sentidos, também pode ser uma alternativa interessante para quem pretende comprar o novo SE — os preços sugeridos de ambos, afinal, diferem em “apenas” R$600 nos modelos de entrada (e o XR aparece em promoção com boa frequência, vale notar).

Vamos, então, fazer um giro pelas principais características do novo smartphone e compará-las às dos seus semelhantes imediatos.

Publicidade

Tela

O novo SE é o último bastião da Apple com tela retangular: assim como o iPhone 8, ele conta com um painel LCD1 de 4,7 polegadas de 1334×750 pixels, suficiente para uma densidade Retina de 326 pontos por polegada. Ao contrário do 8, entretanto, o novo SE não conta com 3D Touch — a tecnologia parece mesmo ter sido morta pela Apple e substituída pelo toque longo (Haptic Touch).

iPhones XR (preto e vermelho)
iPhone XR

Em relação ao SE antigo e ao XR, as diferenças são mais claras. O novo SE está no meio do caminho entre eles: enquanto o SE original tinha tela de apenas 4″, o XR já pula a contagem para 6,1″ e traz o design com recorte, sem botão de início. Os três também têm características em comum, entretanto: todos têm painéis LCD e nenhum deles conta com 3D Touch.

Como já deu para perceber, a Apple não lançou um “iPhone SE Plus” (com tela de 5,5″) — ou seja, temos apenas um sucessor do iPhone 8, nenhum do iPhone 8 Plus.

Publicidade

Design e tamanho

O iPhone SE original é, de longe, o menor do grupo, com seu design semelhante ao do iPhone 5/5s: ele tem 12,3cm de altura, 5,8cm de largura e 7,6mm de espessura, pesando apenas 113 gramas.

Família do iPhone SE
iPhone SE original

O novo SE e o iPhone 8 são, obviamente, idênticos. Eles têm 13,8cm de altura, 6,7cm de largura e 7,3mm de espessura (ligeiramente mais finos que o SE antigo), pesando 148 gramas.

O iPhone XR, em comparação com a turma, é um gigante: ele tem 15cm de altura, 7,5cm de largura, 8,3mm de espessura e pesa 194 gramas.

Publicidade

O novo iPhone SE será vendido nas cores preta, branca ou vermelha — esta, parte da campanha (PRODUCT)RED —, enquanto o antigo tinha mais variações: cinza espacial, prateada, dourada e ouro rosa. Os iPhones 8/8 Plus, quando lançados, eram vendidos nas cores cinza espacial, prateada e dourada.

Processador

O novo SE é o vencedor aqui: ele já vem equipado com o chip A13 Bionic, o mesmo que mora nos corações dos iPhones 11 e 11 Pro [Max]. O iPhone XR vem logo em seguida, com o chip A12 Bionic (seu antecessor imediato, portanto).

O iPhone 8 e o SE original, por outro lado, ficam mais para trás: o primeiro conta com chip A11 (com arquitetura de 10 nanômetros, contra 7nm dos mais novos), enquanto o segundo é equipado com processador A9 (de 14nm). Segundo a Apple, o novo SE é 1,4x mais rápido que o iPhone 8 e até 2,4x mais rápido que o SE antigo.

RAM

Como de costume, a Apple não divulgou a quantidade de RAM2 no novo SE — essa é uma informação que obteremos somente com o primeiro desmonte do aparelho. Se a lógica se mantiver, entretanto, o smartphone certamente virá com 3GB ou 4GB de memória; o iPhone XR conta com 3GB, enquanto o iPhone 8 e o SE antigo vêm com 2GB.

Armazenamento

O novo SE tem opções de 64GB, 128GB ou 256GB de armazenamento, da mesmíssima forma que os iPhones XR e 8 quando eles foram lançados (atualmente, a Apple descontinuou a versão de 256GB do XR). Já o SE original ia de 16GB (sim, eram outros tempos) até 128GB.

Câmeras

Em uma época de duas, três, quatro ou mais câmeras na traseira dos smartphones, é até refrescante dizer que os quatro aparelhos aqui comparados contam com apenas um sensor traseiro. Todos eles têm câmeras de 12MP com lente grande-angular, mas as aberturas variam: f/2.2 no iPhone SE antigo, e f/1.8 nos outros três modelos. O SE original também não conta com estabilização óptica de imagem, ao contrário dos demais.

Novo iPhone SE

Apenas o iPhone XR e o novo SE trazem o Modo Retrato, capaz de aplicar o efeito bokeh com controle de profundidade nas fotos (mas só em pessoas); ambos também trazem o modo Iluminação de Retrato com alguns efeitos de iluminação profissional — a diferença é que o novo SE tem seis efeitos, enquanto o XR traz apenas três.

O HDR3 também muda: no novo SE, temos a nova geração do HDR Inteligente, enquanto o XR tem a primeira geração dessa tecnologia. O iPhone 8 tem HDR automático (porém não inteligente), enquanto o SE original traz HDR manual — daqueles que você precisa ativar por conta própria para utilizar.

Vale notar que nenhum dos aparelhos, nem o novo SE, conta com o Modo Noite dos iPhones 11. Você ainda poderá tirar fotos no escuro, mas certamente elas não contarão com aquele processamento especial para ficarem mais nítidas e apresentáveis.

Em termos de câmera frontal, apenas o iPhone SE original fica para trás com seu sensor de parcos 1,2MP; todos os outros três aparelhos contam com câmeras de 7MP. Por outro lado, apenas o novo SE e o XR contam com o Modo Retrato e o Iluminação de Retrato na câmera frontal.

Ah, e caso seja do seu interesse, dos quatro aparelhos, apenas o iPhone XR traz suporte aos Animojis e Memojis — isso porque ele é o único com a câmera TrueDepth, que “escaneia” o rosto do usuário e também é responsável pelo Face ID (mais sobre isso a seguir).

Vídeo

Todos os aparelhos são capazes de gravar vídeo 4K, mas o SE antigo limita-se a 30 quadros por segundo — os outros três modelos oferecem também as opções de 24qps ou 60qps. A gravação em 1080p é igual nos quatro (30qps ou 60qps), e todos oferecem zoom digital de até 3x.

Os quatro smartphones são capazes de fazer capturas em câmera lenta na resolução 1080p, mas o iPhone 8 e o SE antigo limitam-se a 120qps (para chegar a 240qps, é necessário reduzir a resolução para 720p); no novo SE e no XR, é possível gravar a 240qps em Full HD.

Apenas o novo SE e o iPhone XR contam com gravação de áudio em estéreo, e só o novo SE traz o modo QuickTake para capturar vídeos rapidamente (falamos mais sobre ele aqui).

Bateria

Aqui, o claro campeão é o iPhone XR, com bateria de 2.942mAh. A Apple não divulgou a capacidade da bateria do novo SE — outra informação que aparecerá assim que o aparelho chegar ao mercado e for devidamente desmontado —, mas afirma que ele traz a mesma duração do iPhone 8, que tem uma célula de 1.821mAh. Já o SE original vem com uma bateria de 1.624mAh.

As opções e velocidades de carregamento também variam entre os aparelhos. O iPhone SE original não tem nenhuma tecnologia de carregamento rápido; o 8 e o XR podem ser recarregados a 15W e o novo SE, a até 18W. Nos três casos, a Apple afirma que a bateria dos aparelhos pode chegar a 50% de carga em apenas 30 minutos na tomada; por outro lado, nenhum deles vem com o carregador rápido — você precisará usar um outro adaptador de energia, como aquele que vem com o iPhone 11 Pro [Max].

Dos quatro aparelhos, apenas o SE original não suporta carregamento sem fio; todos os outros três podem ser repousados em carregadores wireless para ter sua bateria completada.

Conexões

Apenas o novo iPhone SE já vem com suporte a redes Wi-Fi 6 (aka IEEE 802.11ax), com suporte a velocidades muito maiores (que dependerão do seu plano de internet e do seu roteador, é claro). Em termos de Bluetooth, todos suportam a versão 5.0 do protocolo — exceto o SE original, que ficou na versão 4.2. Nenhum dos aparelhos traz suporte ao 5G, como era de se imaginar, mas o novo SE ganha suporte a Gigabit LTE com MIMO 2×2.

Em termos de conexões físicas, apenas o iPhone SE original traz saída de 3,5mm para fones de ouvido — ele é, afinal, o único dos aparelhos lançado pela Maçã antes de a empresa resolver matar o ubíquo conector. Por conta disso, o SE antigo traz, na caixa, EarPods com plugue tradicional; os demais modelos vêm com os fones de ouvido com conexão Lightning.

Dual SIM

iPhone XS Max com Dual SIM no Brasil

Apenas o novo iPhone SE e o XR contam com suporte à tecnologia Dual SIM — que, no caso da Apple (exceto na China), sempre acontece por meio de um Nano-SIM físico e um eSIM virtual. O SE antigo e o iPhone 8 trazem suporte a apenas um chip (também Nano-SIM).

Biometria

Por conta do design diferente, sem botão de início, apenas o iPhone XR traz o Face ID, para autenticação por meio de reconhecimento facial.

Os três outros aparelhos trazem o Touch ID, autenticado por meio da sua impressão digital; a diferença é que o novo SE e o iPhone 8 vêm com a segunda geração da tecnologia, que é consideravelmente mais rápida.

Resistência à água

Apenas o SE original não conta com qualquer proteção a líquidos. Os demais aparelhos têm certificado IP67 e podem ficar submersos em até 1 metro de água doce por, no máximo, 30 minutos.

Preço

Aqui, cabe a comparação entre o novo iPhone SE e o XR, que são os aparelhos atualmente no catálogo da Apple. Obviamente, você ainda pode encontrar o iPhone 8 e o SE original à venda em revendedoras, por preços significativamente mais baixos que os dos dois aparelhos mais recentes, mas como esses valores não são tabelados, não é possível traçar uma comparação concreta.

Enfim, aos números:

Novo iPhone SE

  • 64GB: R$3.700
  • 128GB: R$4.000
  • 256GB: R$4.500

iPhone XR

  • 64GB: R$4.300
  • 128GB: R$4.600

Vale notar que esses valores do iPhone XR são os oficiais da Apple; por ser um aparelho lançado já há mais de um ano e meio, é possível encontrá-lo mais barato em revendedoras autorizadas — apenas como exemplo, no momento da escrita desse artigo, a Fast Shop vende o modelo de 64GB por R$3.200 à vista no boleto bancário. Ou seja, a escolha é menos simples do que se pensa.

·   •   ·

Agora que cobrimos basicamente todas as diferenças entre os aparelhos, queremos saber a sua opinião: qual o melhor custo/benefício dos quatro? Quem vai preferir manter o modelo antigo nas mãos e quem vai investir no novo SE?

Deixem suas impressões logo abaixo.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…