O presidente americano Donald Trump anunciou que trabalhará com mais de 50 executivos de vários setores, incluindo de tecnologia, na elaboração de um plano para reabrir a economia após a pandemia do Coronavírus (COVID-19). As informações são do MarketWatch.

Publicidade

O painel de consultores participará (indiretamente) da tomada de decisões à distância e operará separadamente da força-tarefa já instituída pela Casa Branca, que está liderando a estratégia de saúde pública do governo para conter e mitigar a pandemia.

Referidos coletivamente como o “Grande Grupo da Indústria de Renascimento Econômico Americano” (“Great American Economic Revival Industry Groups”), os membros incluem nomes como Tim Cook, CEO1 da Apple.

A lista de conselheiros anunciados pelo presidente americano também abrange setores como da agricultura, da medicina e dos esportes. Os nomes mais notáveis anunciados até agora incluem os CEOs, empreendedores e executivos abaixo:

Publicidade
  • Tim Cook (Apple)
  • Jerry Jones (Dallas Cowboys)
  • Gary Bettman (NHL)
  • Lesa Kennedy (NASCAR)
  • Vince McMahon (WWE)
  • Larry Ellison e Safra Catz (Oracle)
  • Mark Zuckerberg (Facebook)

Como observado pelo The New York Times2, o CEO da Amazon, Jeff Bezos, não foi mencionado no discurso de Trump, mas está incluído no comunicado da Casa Branca.

De acordo com Trump, certas áreas dos Estados Unidos deverão retomar os negócios “em breve”. Os EUA têm mais de 614 mil casos da COVID-19 e mais de 26 mil mortes.

Trump observou que alguns estados foram menos afetados pela pandemia e que esses lugares “estarão prontos para abrir muito em breve, senão quase imediatamente”.

A economia global deverá diminuir em 3% durante 2020, uma queda que, se realmente se mostrar verdadeira, será a maior recessão desde a Grande Depressão, na década de 1930, segundo o Fundo Monetário Internacional — como informou a CNBC.

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…