A Apple continua propondo ações no combate à pandemia do Coronavírus (COVID-19), sendo que a solução anunciada na sexta-feira passada, junto ao Google, ainda esta dando água pela barba ao redor do mundo.

Publicidade

Além disso, a única loja da empresa na Coreia do Sul reabrirá ainda neste mês, marcando a primeira ação desse tipo desde o fechamento de todas as unidades da companhia fora da China.

Por fim, os lucros da campanha (PRODUCT)RED — não só aqueles que provêm de iGadgets — serão redirecionados para o combate ao Coronavírus, como veremos mais à frente.

União Europeia e a luta contra o Coronavírus

Todos os 27 países da União Europeia poderão adotar a API1 de monitoramento proposta pela Apple e pelo Google para ajudar a impedir a disseminação da COVID-19, de acordo com uma reportagem da Reuters.

Publicidade
Bandeira da União Europeia
📷 IDC UK

Segundo as informações, o comitê de enfrentamento da pandemia da UE disse, na semana passada, que todos os países integrantes deveriam adotar o mesmo app ou pelo menos um padrão comum para que esse tipo de monitoramento seja executado, como o Rastreamento Pan-Europeu de Proximidade e Preservação da Privacidade (PEPP-PT), uma iniciativa proposta por especialistas europeus no começo deste mês.

Contudo, uma nova publicação da Comissão Europeia sobre os esforços contra a pandemia informou que o órgão analisará, até o fim deste mês, a solução proposta pelas gigantes de tecnologia no que diz respeito à funcionalidade de rastreamento de contatos, a fim de “garantir que sua iniciativa seja compatível com a abordagem comum da UE”.

Justamente por isso, o comitê solicitou à Apple e ao Google que removessem apps de rastreamento de contatos de suas respectivas lojas, uma vez que muitos softwares não seguem as devidas diretrizes de privacidade. Segundo eles, o “combate ao Coronavírus não deve significar o sacrifício dos direitos dos cidadãos”.

Publicidade

Obter a adesão da UE é apenas uma parte do processo; depois disso, os consumidores precisam se sentir confiantes a instalá-los e usá-los (o que provavelmente será uma “batalha” nos Estados Unidos).

Reabertura de loja na Coreia do Sul

Após mais de um mês de portas fechadas, a única loja da Maçã na Coreia do Sul (a Apple Garosugil) deverá reabrir para o público no dia 18 de abril (este sábado), com capacidade reduzida.

Apple Garosugil na Coreia do Sul

Como informamos, o fechamento de Apple Stores devido ao Coronavírus deveria ter durado, inicialmente, até 27 de março; mas, com o avanço da pandemia, a Maçã determinou o fechamento de suas lojas (exceto na China) por tempo indeterminado.

Publicidade

No fim do mês passado, a chefe de varejo e de pessoas da companhia, Deirdre O’Brien, afirmou que a reabertura aconteceria de forma escalonada, com base nas condições de cada região.

Quando a loja em Seul reabrir, clientes poderão agendar encontros com especialistas (Genius) e coletar pedidos, com a companhia ainda incentivando a aquisição de produtos online. Além disso, o horário da loja foi reduzido nos primeiros dias de reabertura e deverá funcionar das 12h às 20h (pelo horário local).

(PRODUCT)RED e fundo de combate à COVID-19

Como informamos, junto ao lançamento do novo iPhone SE, a Apple afirmou que direcionará parte dos lucros com a venda de produtos da campanha (PRODUCT)RED para o Mecanismo de Resposta à COVID-19, uma iniciativa do Conselho do Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária.

Originalmente, a receita obtida com parte das vendas de produtos (PRODUCT)RED já era voltada para esse mesmo fundo global; entretanto, dada a emergência da pandemia, os esforços da campanha como um todo (que inclui vários produtos) serão direcionados na batalha contra o Coronavírus até o fim de setembro.

A Apple diz que o Mecanismo de Resposta à COVID-19 fornecerá apoio crítico nos países com sistemas de saúde mais ameaçados por surtos, mas que também preservará os programas de HIV/AIDS que salvam vidas na África Subsaariana.

Os recursos obtidos serão usados na compra de equipamentos de proteção individual, como máscaras e luvas, além de equipamentos para laboratórios, comunicações de segurança pública, etc.

via 9to5Mac [1, 2], AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…