E cá estamos nós de novo com as atualizações recentes mais importantes da App Store! Vamos a elas?

Publicidade

Spotify


Ícone do app Spotify - Música e Podcasts

Spotify - Música e Podcasts

de Spotify Ltd.

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple WatchesCompatível com o iMessageCompatível com Apple TV
Versão 8.5.80 (157 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Admitamos: todos nós temos aquela música que sequer podemos ouvir seus acordes iniciais sem ter um ímpeto autodestrutivo de arrancar nossos próprios ouvidos. Pois a atualização mais recente do Spotify apela justamente para esse nosso lado, digamos, não muito nobre.

Escondendo músicas no Spotify

Nas mais recentes versões do app para iOS ou Android, usuários podem “esconder” músicas que não queiram ver nem pintadas de ouro. Ao fazer isso, essas canções ficarão acinzentadas e não serão reproduzidas, mesmo que você esteja ouvindo uma playlist que as contenha.

Para esconder uma música, basta tocar e segurar o seu nome e tocar na opção “Ocultar música” no menu contextual; da mesma forma, se o seu coração mudar de lado em algum momento da vida, é possível “desesconder” a música seguindo os mesmos passos.

Publicidade

A novidade já está sendo liberada globalmente, e chegará para todos os usuários ao longo das próximas semanas. Viva!

Google Fotos


Ícone do app Google Fotos

Google Fotos

de Google LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 5.15 (197.3 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior
Screenshot do app Google FotosScreenshot do app Google FotosScreenshot do app Google FotosScreenshot do app Google FotosScreenshot do app Google Fotos

Enquanto isso, o serviço de fotos do Google finalmente ganhou suporte ao Modo Escuro do iOS 13. Não é necessário fazer nada para ativá-lo: se o seu sistema está configurado para a aparência escura, o aplicativo se comportará da mesma forma.

Pokémon GO


Ícone do app Pokémon GO

Pokémon GO

de Niantic, Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.155.0 (310.8 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
Screenshot do app Pokémon GOScreenshot do app Pokémon GOScreenshot do app Pokémon GOScreenshot do app Pokémon GOScreenshot do app Pokémon GO

A febre em torno de Pokémon GO pode ter arrefecido rapidamente poucos meses após o seu lançamento, mas o game ainda tem sua base fiel de jogadores — todos eles, obviamente, um tanto quanto impedidos de jogar neste momento por conta da pandemia do Coronavírus (COVID-19).

Pois a Niantic, desenvolvedora do título, anunciou recentemente que o atualizará pensando justamente nos efeitos do isolamento social: com o update, jogadores poderão participar de raids remotos, sem necessariamente estar no local do evento (a distância máxima é de alguns quarteirões). As tarefas, conquistas e prêmios recebidos nesses eventos serão idênticos aos dos raids tradicionais.

Publicidade

Para participar dos raids remotos, você precisará de um passe que custará 100 pokécoins — ou R$5,20 em dinheiro de verdade; a desenvolvedora venderá pacotes de passes com descontos para quem quiser participar de vários eventos do tipo. Eventualmente, será possível convidar amigos de qualquer lugar para as raids, mas esse é um recurso que será adicionado mais à frente.

A Niantic não informou quando os raids remotos começarão a ser realizados, mas isso deverá acontecer já nas próximas semanas.

TikTok


Ícone do app TikTok

TikTok

de TikTok Pte. Ltd.

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 17.7.1 (351.2 MB)
Requer o iOS 9.3 ou superior
Screenshot do app TikTokScreenshot do app TikTokScreenshot do app TikTokScreenshot do app TikTokScreenshot do app TikTok

Por fim, o ubíquo serviço de vídeos adicionou mais recursos de controle parental para que pais e responsáveis tenham um domínio mais claro do conteúdo acessado pelas crianças.

O recurso Family Pairing, que será disponibilizado nas próximas semanas, permitirá que pais “liguem” as contas dos seus filhos às suas próprias, possibilitando o controle de uso dos pequenos por seus próprios smartphones. A partir daí, os responsáveis poderão, por exemplo, limitar um tempo de uso diário no TikTok — a rede fez parceria, inclusive, com alguns dos seus criadores mais famosos para que eles apareçam em pequenos vídeos informando às crianças que sua cota diária está acabando.

Publicidade

Os pais e responsáveis poderão, também, restringir o tipo de conteúdo que os pequenos conseguirão acessar no TikTok. Além disso, a rede desabilitará completamente o recurso de DMs (mensagens diretas) para contas com usuários abaixo dos 16 anos.

Para se conectar às contas dos filhos, os pais/responsáveis precisarão escanear um código QR dentro da seção “Digital Wellbeing” nos smartphones deles; as crianças poderão desativar o recurso, mas nesse caso o responsável receberá uma notificação informando o evento — e dando a opção de religá-lo imediatamente.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…