Talvez você não seja familiar ao nome Haptic Touch, mas se você tem um iPhone, certamente já utilizou o recurso: trata-se daquela camada extra de interação, herdeira do finado 3D Touch, a qual permite que você realize um toque longo em determinado elemento para evocar um menu contextual com opções extras.

Publicidade

Ao longo do tempo, a Apple adicionou suporte ao Haptic Touch em várias áreas do iOS — e uma das mais úteis delas é justamente a de notificações: na tela bloqueada, você pode tocar e segurar uma notificação específica para obter opções adicionais em relação a ela, como responder uma mensagem, ativar a “soneca” em um alarme, salvar um artigo sugerido para depois ou arquivar/excluir um email sem sair da tela.

Notificações no SmartGym 3

Só tem um problema: o novo iPhone SE, pelo visto, não traz suporte ao Haptic Touch nas notificações.

Os primeiros compradores do novo smartphone da Maçã começaram a perceber a falta do recurso e reclamar sobre ela no Reddit, no Twitter e nos fóruns do MacRumors. Aparentemente, ao tentar interagir com uma notificação na tela bloqueada do novo iPhone SE, nada acontece — você só tem a opção de abrir o app correspondente ou excluir a notificação arrastando-a para o lado.

Publicidade

De resto, o Haptic Touch funciona normalmente no aparelho: você pode pressionar e segurar ícones na tela inicial para obter funções extras, ou ativar a pré-visualização de imagens ou páginas da web no Safari/Mensagens. Apenas as funções relacionadas às notificações em si é que parecem ter sido suspensas, mesmo.

A Apple ainda não se pronunciou sobre o caso, e, por mais que o ímpeto inicial seja suspeitar que estamos tratando de um bug, aparentemente não é o caso: Matthew Panzarino, do TechCrunch, afirmou — com base em suas fontes — que a coisa toda “está funcionando como o esperado”:

Isso não é um bug. Não é uma situação ideal para mim (eu uso as ações em notificações dúzias de vezes por dia, todos os dias). O Haptic Touch funciona de todas as outras formas no novo iPhone SE, mas não nas notificações. […] Eu não consegui determinar se há alguma razão técnica para isso ou não, mas atualmente a coisa está “funcionando como deveria”. Eu provavelmente não sou um consumidor do iPhone SE por conta das coisas de câmera do iPhone 11, mas isso me impediria de comprar um.

Portanto, taí: a não ser que a Apple surja com uma razão muito forte em breve, teremos consumidores do mundo inteiro reclamando (com razão) que a empresa retirou uma função do seu novo smartphone de entrada de forma arbitrária.

Publicidade

Ou então, quem sabe, a coisa toda será resolvida — aquela boa e velha pressão nunca faz mal — numa futura atualização de software (conforme aconteceu com o iPhone XR, como lembrou Benjamin Mayo). Vamos aguardar.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…