iOS 13.4.5 vira 13.5 beta e inclui API com alerta de exposição ao Coronavírus [atualizado 3x]

Lembram do iOS/iPadOS 13.4.5, que estava na segunda versão beta? Pois, para confundir ainda mais a nossa vida, a Apple resolveu transformá-lo no iOS/iPadOS 13.5 (o que na verdade faz bastante sentido — poderia ter sido assim desde o começo). Mas vamos ao que interessa!

O iOS/iPad OS 13.5 beta 3 (compilação 17F5054h) traz a primeira versão da API1 “Exposure Notification” (“Alerta de Exposição”) que, como o nome indica, notificará usuários que podem ter entrado em contato com pessoas infectadas pelo novo Coronavírus (COVID-19).

O iOS/iPadOS 13.5 já está disponível para desenvolvedores junto à primeira versão beta do Xcode 11.5 (compilação 11N605c), a qual inclui uma versão atualizada dos SDKs2 dos sistemas operacionais com a nova API.

Além deles, a Apple liberou também novas versões de testes dos seus outros sistemas operacionais: o macOS Catalina 10.15.5 beta 3 (compilação 19F72f), o watchOS 6.2.5 beta 3 (17T5600c) e o tvOS 13.4.5 beta 3 (17L5553c).

Paralelamente, o Google também lançou uma nova versão beta do Google Play Services com a API de notificação de exposição e um SDK para desenvolvedores selecionados, como informou o 9to5Google.

Na próxima sexta-feira (1º de maio), como comentamos, ambas as empresas divulgarão informações adicionais para desenvolvedores, incluindo um código de amostra para ajudá-los a entender melhor como o sistema de notificação de exposição funcionará — lembrando que a Maçã não vai liberar a API para qualquer desenvolvedor, apenas para autoridades de saúde pública.

Como curiosidade, vale notar que a Apple nunca lançou cinco subversões para o seu sistema operacional móvel (por exemplo, iOS 11.5 ou 12.5), apenas em atualizações menores, como fez com o iOS 11.2.6 — mas, como tudo na vida, sempre existe a primeira vez.

Atualização, por Rafael Fischmann 29/04/2020 às 15:15

Eis a tela dos Ajustes que diz respeito à API de exposição, que fica dentro da área Privacidade » Saúde:

Além dessa novidade, outra também relacionada com a pandemia é que o Face ID passará a detectar quando a pessoa está usando uma máscara e pulará diretamente para a tela que pede a sua senha alfanumérica.

Guilherme Rambo mostra isso funcionando no tweet abaixo:

É uma mudança certamente bem-vinda nos tempos atuais.

Atualização II 29/04/2020 às 17:35

As novas versões de teste do iOS/iPadOS 13.5, do macOS Catalina 10.15.5 e do tvOS 13.4.5 estão agora disponíveis para os participantes do Apple Beta Software Program.

Atualização III 29/04/2020 às 18:30

A nova versão de testes do iOS/iPadOS vem com uma opção bem-vinda para quem costuma fazer videochamadas com muita gente pelo FaceTime.

Introduzido no iOS 12.1, o FaceTime em Grupo suporta conversas em áudio/vídeo com até 32 pessoas. O recurso tem um design interessante, no qual os avatares das pessoas ficam dispostos em retângulos que aumentam quando uma determinada pessoa está falando (ou seja, fica em foco).

O problema é que, em chamadas um pouco mais confusas, esse efeito pode ficar perdido com muita gente falando ao mesmo tempo, então a Apple tratou de colocar uma opção para você desativar tudo indo em Ajustes » FaceTime » Automatic Promminence (Proeminência Automática), e desligando a opção “Speaking” (“Falando”).

Desativando opção no FaceTime em Grupo

Os textos ainda não estão localizados para o nosso idioma, mas isso deverá ser resolvido nas próximas versões beta. 😉

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários