Subsidiária da Apple cresce em meio à pandemia do Coronavírus

Brad Freitag, CEO da Claris

Ontem, a Apple divulgou seus resultados financeiros referentes ao segundo trimestre fiscal de 2020 e eles foram bem positivos — levando em conta todo o cenário de pandemia causado pelo novo Coronavírus (COVID-19).

Publicidade

Dentro do catálogo de produtos e serviços da empresa, tivemos uma oscilação bastante normal: enquanto alguns (como o iPhone) caíram, outros (como o Apple Music e a App Store) subiram — o que faz bastante sentido por conta o isolamento social que muitos países estão enfrentando. Mas existe um negócio da Apple que foi bastante beneficiado nesse cenário, mas que nem ouvimos falar. Me refiro à Claris, subsidiária responsável pela criação do FileMaker.

Em uma entrevista para a CNBC, o CEO da empresa, Brad Freitag, disse que software em geral (negócio da Claris, obviamente) “está ajudando a curar o mundo”, afirmando também que “a conscientização da categoria de software de baixo custo entre organizações sem fins lucrativos, governos, saúde e educação está alta, o que pode ter um impacto imediato, profundo”.

A empresa vem trabalhando com prestadores de serviços de saúde com o intuito de criar aplicativos de forma bem rápida e eficiente. Por exemplo: eles trabalharam com um hospital na Europa que se tornou crítico para tomar decisões médicas em tempo real para pacientes com a COVID-19.

Árvore de decisão utilizada por hospital na Europa para triagem de pacientes com COVID-19

A triagem era feita em um papel que tinha uma árvore de decisão desenhada. O problema é que as informações mudam muito rapidamente num cenário desses, então toda hora eles tinham que rever a árvore de decisão. Sai de cena o papel e entra um app móvel (criado em apenas um dia), para ajudar nessa tomada de decisão à medida que novas informações surgem, criando uma maneira dinâmica de modificar tudo.

Ainda segundo Freitag, diversos segmentos passarão por transformações e o trabalho remoto será uma das mudanças que se tornará permanente para muita gente — exigindo muito mais soluções de software que atualmente não existem.

Publicidade

Você nunca deseja uma crise para ajudar o seu setor, mas eu acho que ele crescerá mais do que o previsto, em parte porque entraremos em uma desaceleração, e isso pressionará mais os custos das organizações para elas resolverem problemas digitais complexos. Em um mercado forte, elas poderiam resolver tudo com um orçamento maior e soluções de força industrial, mas agora veremos uma abordagem mais pragmática.

Nesse cenário, a Claris está se dando bem: a empresa informou que a procura por clientes (a maioria do setor de saúde) subiu 50% de março para cá. Veremos como será o impacto dessa nova realidade na economia dos softwares.

via iMore

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…