Novos produtos lançados no Brasil significa…? Sim, reajustes de preços — ainda mais numa época em que o dólar simplesmente disparou e se valorizou muito ao frente ao real.

Publicidade

Hoje, com o lançamento do novo MacBook Pro de 13 polegadas, a Apple aumentou os preços dos portáteis no país — vale notar que a empresa só mexeu nos preços do modelo de 13″, deixando os valores do de 16″ (lançado em novembro passado) inalterados.

Eis a nossa tabela comparativa:

ProdutoPreço antigoPreço novoVariação
MacBook Pro de 13″ (entrada)R$13.899R$14.2292,4%
MacBook Pro de 13″ (intermediário de entrada)R$15.899R$16.2292,1%
MacBook Pro de 13″ (intermediário)R$18.899R$21.79915,3%
MacBook Pro de 13″ (topo-de-linha)R$20.899R$23.79913,9%

Ainda que aumentos fossem inevitáveis, é difícil entender a lógica do reajuste levando em consideração o aumento de ~2% nos modelos de entrada e acima de 13% nos modelos topos-de-linha. 🤷🏻‍♂️

Publicidade

Atualização 05/05/2020 às 16:30

Taí uma possível explicação para a escolha da Apple de utilizar chips da Intel de 8ª geração nos modelos mais em conta do MacBook Pro de 13″, e para a discrepância no aumento dos preços dos modelos equipados com o processador Intel de 10ª geração.

Segundo Dave Lee, a performance das gerações é bem parecida — com exceção da parte gráfica, que realmente faz diferença. Os chips mais modernos também são bem mais caros — tanto é que PCs equipados com eles também destoam no quesito preço.

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…