Quatro rodovias de São Paulo passam a aceitar Apple Pay e outros sistemas NFC em pedágios [atualizado: Ponte Rio-Niterói também] Em tempos de Coronavírus, uma novidade excelente

📷 Daniel Sobral/Futura Press/Folha

Os sistemas de tags para pedágios (como o Sem Parar, o ConectCar ou o Veloe) já aceleraram bastante a operação nas indefectíveis barreiras de pagamento das rodovias. Muita gente, entretanto, não utiliza um sistema do tipo — seja por falta de interesse, por não dirigir em rodovias com frequência ou qualquer outro motivo; com isso, é necessário recorrer à prática medieval de pagar com dinheiro (já que a maioria dos pedágios sequer aceita cartão).

Publicidade

Felizmente, as alternativas estão expandindo-se: recentemente, os pedágios de quatro rodovias do estado de São Paulo passaram a aceitar formas de pagamento contactless — como o Apple Pay, outros sistemas digitais ou cartões dotados de NFC1. Com isso, motoristas podem pagar o pedágio com seus smartphones, relógios inteligentes, pulseiras ou cartões sem nenhum tipo de contato.

Inicialmente, são quatro rodovias adotando a novidade: a Anchieta (SP-150) e a Imigrantes (SP-160), ambas sob concessão da Ecovias; a Ayrton Senna e a Carvalho Pinto (SP-70), as duas sob concessão da Ecopistas. No total, são 11 praças de pedágio já com suporte aos pagamentos sem contato.

A implementação vem em boa hora, especialmente, por conta das práticas de prevenção contra o novo Coronavírus (COVID-19): com o suporte aos métodos contactless, a interação entre motoristas e funcionários é significativamente reduzida, sem a necessidade do pagamento em dinheiro.

Publicidade

Para pagar a sua passagem, basta conferir o valor no visor da máquina, instalada do lado de fora da cabine, e aproximar seu dispositivo de pagamento — caso estejamos falando de um iPhone, é necessário autenticar sua identidade por meio do Face ID ou Touch ID. Uma vez finalizado o processo, você pode passar normalmente.

Ainda não há informações sobre uma possível expansão da novidade para outras rodovias e praças de pedágio, mas fica a torcida para que o suporte aos pagamentos sem contato seja adotado o mais rápido possível por concessionárias do país inteiro. Afinal, além de ser mais rápido, o método ainda é mais seguro em tempos de pandemia.

via G1

Publicidade

Atualização, por Eduardo Marques 11/05/2020 às 15:44

Em um comunicado para a imprensa, a concessionária do Grupo EcoRodovias informou que também passou a aceitar pagamento por aproximação nas 14 cabines do pedágio da Ponte Rio-Niterói (incluindo as para motos).

Em meio à pandemia de coronavírus, o novo meio de pagamento é também uma forma segura de diminuir os riscos de transmissão da covid-19, já que não há contato físico entre o operador da cabine e o motorista.

Ainda segundo o comunicado, o pagamento por NFC não gera custos aos usuários.

Publicidade

via @PayNewsBR

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…