Seja você um profissional ou não da área de edição gráfica, à procura de alternativas ao Adobe Illustrator, então antecipadamente eu lhes indico o Inkscape, um “novo” app de edição vetorial para macOS, Windows e Linux.

O Inkscape faz parte de um projeto homônimo que existe há 16 anos, o qual enfim culminou em um software de código aberto multiplataforma. Após mais de uma década na versão “0”, a primeira grande versão do editor finalmente foi lançada e está recheada de bons recursos.

Antes de aprofundarmos em alguns deles, vale notar que essa versão oferece suporte nativo ao macOS, o que significa que usuários não precisam mais do XQuartz para trabalhar com o software se estiverem num Mac rodando o OS X El Capitan (aka macOS 10.11) ou mais recente.

Por outro lado, os desenvolvedores advertem que a mudança para o Python 3 fez com algumas extensões de terceiros se tornassem incompatíveis com o editor, as quais devem ser atualizadas para oferecer suporte ao Inkscape 1.0.

Performance

A primeira coisa que muitos usuários notarão é o desempenho mais suave do Inkscape no macOS, isso porque o editor integra de maneira mais eficaz os recursos do sistema operacional desktop da Apple incorporados ao código do app.

Outros perceberão que o Inkscape está rodando em modo “preview” (visualização), mas isso significa apenas que melhorias estão previstas para atualizações futuras (e próximas). No mais, o editor dispõe todos os recursos e ferramentas em qualquer plataforma compatível.

Recursos para desenho de estilo livre

Recursos para ajustar curvas do Inkscape

No modo de desenho de estilo livre, designers podem espelhar e girar a tela para melhor contornar partes de um desenho sem fazer “malabarismos”. Além disso, o novo modo PowerPencil da ferramenta de lápis fornece uma largura variável de acordo com a pressão aplicada.

Para cantos e linhas, a ferramenta “Circle” permite criar arcos fechados (filetes) com um clique. Quando se trata de SVG e CSS, o editor também pode usar hachuras vetoriais para renderizar/exportá-las como linhas.

Guias duplicadas, cantos e linhas para desenho técnico

Recursos para desenhos livres do Inkscape

Usuários que trabalham em desenhos técnicos apreciarão a possibilidade de criar uma guia duplicada, alinhando diferentes composições à página — tudo de forma facilitada, graças à integração entre códigos SVG e a interface do Inkscape.

Correção de exportação, texto e documento em PDF

Ajuste e personalização de vetores do Inkscape

Designers também têm a opção de exportar PDFs com links e metadados clicáveis. Além disso, as novas células de texto funcionam em qualquer navegador, além do prático alinhamento de objetos.

O Inkscape oferece suporte a fontes variáveis e, ainda, dispõe de modelos para diferentes tamanhos de telas, guias de margem e um fundo colorido quadriculado. O editor também possui uma extensão para criar e simular modelos com interação com web apps para demonstrações e testes.

Temas personalizáveis, ícones, fontes e interface do usuário

Temas e personalização do Inkscape

Para os interessados em personalização de interface, o Inkscape permite muitos ajustes que vão desde menus e barras de ferramentas, a tamanhos de página e diretórios de fontes. Além disso, há vários temas pré-instalados para fornecer ao Inkscape (incluindo o Modo Escuro) e uma gama de ícones (personalizáveis) disponíveis.

·   •   ·

É possível fazer o download do Inkscape 1.0 nessa página — basta selecionar o sistema operacional da sua máquina e pronto! 😉

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários