Sabe aquela versão preliminar do iOS 14 que está rodando por aí e já foi fruto de muitos possíveis vazamentos do futuro sistema operacional móvel da Apple? Pois ela ainda está rendendo!

Publicidade

Josh Constine (ex-TechCrunch, hoje diretor/chefe de conteúdo na SignalFire, além de também ter a newsletter chamada “Moving Product”) compartilhou suas mais recentes descobertas com essa compilação — desta vez, focadas no tal app de realidade aumentada (AR) embarcado no sistema, de codinome “Gobi” (ícone abaixo).

Ícone do app "Gobi"

Em março, nós comentamos que esse app poderia funcionar em lojas físicas — você apontaria a câmera dentro de uma loja da Starbucks, por exemplo, para ter mais informações comerciais referente ao estabelecimento.

Para isso funcionar, contudo, antes você precisaria escanear um código QR — eles seriam responsáveis por indicar ao app o que deve ser mostrado no iPhone. Pois a descoberta de Constine envolve justamente esses códigos.

Publicidade
Códigos QR encontrados dentro do app "Gobi"

Aparentemente, esse código QR poderá ser totalmente personalizado por desenvolvedores/empresas, seja utilizando padrões ou até mesmo marcas alheias. Haverá, também, uma espécie de código circular criado pela Maçã, que poderia ter a mesma finalidade do código QR (porém com um visual, digamos, diferenciado).

Nos exemplos encontrados, Constine afirmou que os códigos abrem as páginas do Mac Pro e do Apple Watch (no Apple.com), a página do filme “Star Wars: Rogue One” no app Apple TV e a página de inscrição para o Starbucks Card.

Os códigos apresentam referências a um recurso de comparação de compras dentro do app; Constine achou, também, indicações de descontos para produtos Starbucks em locais específicos, nos sugerindo que oferecer promoções ou experiências de conteúdo com base na localização pode ser um diferencial do app.

Publicidade
Modelo 3D de pagode (templo) encontrado dentro do app "Gobi"

Como todo app de realidade aumentada, nele existe a opção de você colocar um objeto 3D no mundo real — o exemplo utilizado foi pagode (templo), o qual pode ser colocado em cima de uma mesa para exploração virtual.

No mais, ele também encontrou os possíveis sons escolhidos pela Maçã para orientar usuários que estiverem procurando algo pelo app Buscar, informando quando estivermos na direção certa, quando o acessório/produto procurado estiver próximo, quando estiver bem na nossa frente, se você está se afastando dele, entre outras situações.

Será que ainda surgirão mais vazamentos disso?…

Publicidade

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…