Uma nova pesquisa publicada pela Sensor Tower mostra que a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) provocou um grande aumento nos downloads de apps à medida que as pessoas foram aconselhadas (em alguns casos, obrigadas por lei) a ficarem em casa — logo, parte da população recorreu com mais frequência às ferramentas digitais.

Publicidade

Mais precisamente, os dados da ST revelam que a quantidade de dados usada para baixar os 250 apps mais populares do mundo aumentou 34% no primeiro trimestre de 2020, em relação ao mesmo período do ano passado. Isso significa que foram consumidos 596 petabytes1 (ou 596 milhões de gigabytes), marcando um aumento de 52% em relação à média trimestral dos últimos três anos.

Pesquisa da Sensor Tower

Para colocar esses dados em perspectiva, o consumo de 596PB do último trimestre foi equivalente a cerca de 53 milhões de horas de streaming da Netflix em qualidade 4K ou, caso prefiram, o suficiente para preencher completamente o armazenamento de aproximadamente 9,3 milhões de iPhones com 512GB. Vale notar, ainda, que esse total não inclui downloads de apps de lojas de terceiros na China, nem leva em conta o número de reinstalações, atualizações ou instalações de aplicativos em mais de um dispositivo associado ao mesmo ID Apple ou conta do Google.

Sobre as lojas de apps, a ST calculou que os novos downloads de apps da App Store e do Google Play (somados) totalizaram 33,6 bilhões nos três primeiros meses deste ano — um aumento de 20,3% ao ano.

Publicidade

Como os seus hábitos de consumo de apps mudaram durante a pandemia? Conte-nos abaixo!

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…