Mapas da Apple adicionam dados de transporte público em tempo real e “Olhar ao redor” a mais localidades Devagar e sempre, devagar e sempre…

Já faz algum tempo desde que cobrimos pela última vez a expansão de recursos dos Mapas da Apple — e aqui estamos de novo. Recentemente, a plataforma da Maçã adicionou localidades em várias das suas ferramentas, como os dados de transporte público em tempo real e o “Olhar ao redor” (“Look Around”).

Publicidade

Vamos ver?

Transporte público em tempo real

Em algumas localidades, ao utilizar os Mapas da Maçã para obter rotas de transporte público, a plataforma exibirá horários (de trens, metrôs ou ônibus) baseados em informações fornecidas em tempo real pelas empresas desses modais — em vez de simplesmente basear-se em tabelas fixas de horários.

Pois recentemente o recurso foi expandido para vários países: Canadá, Escócia, Inglaterra, Países Baixos, País de Gales e Suécia. Algumas cidades também receberam a novidade, incluindo Guanghzou, Pequim, Shenzhen (as três na China), Camberra e Sydney (ambas na Austrália). Alguns estados americanos, como a Flórida e Nova York, também estão incluídos na ferramenta.

Olhar ao redor

Enquanto isso, o concorrente (mais poderoso) do Street View vai seguindo com sua expansão glacial: nove cidades dos EUA receberam o recurso, incluindo Boston, Chicago, Houston, Las Vegas, Los Angeles, Nova York, San Francisco e Washington D.C. A ilha de O’ahu, no Havaí, também já pode ser conferida pela ferramenta.

Nas redondezas

A ferramenta “Nas redondezas” (“Nearby”) serve para que você busque estabelecimentos comerciais ou pontos de interesse próximos de você.

Recurso "Nas redondezas" do iOS 9

Quem usa os Mapas da Apple sabe que o recurso tem uma trajetória um tanto tortuosa no Brasil: oficialmente, ele chegou por aqui em 2015, mas foi retirado do ar pouco depois; ao longo dos anos, entretanto, ele foi aparecendo (sem nenhum anúncio oficial) para os usuários nos Mapas. Agora, o Brasil já é oficialmente listado como um dos países que tem o recurso.

Outros países que agora contam com o “Nas redondezas” incluem Argentina, Bélgica, Coreia do Sul, Espanha, Grécia, Indonésia, Itália, México, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Rússia e Turquia.

Navegação ponto a ponto

A navegação ponto a ponto chegou ao Brasil em dezembro passado depois de anos de espera — e, agora, continua expandindo-se. Na atualização mais recente, o recurso chegou a locais como Bahamas, Chile, Grécia, Haiti, Jamaica, Territórios Palestinos e Uruguai.

Mapas internos

Mapas internos no Apple Maps

Por fim, a Maçã expandiu o recurso de mapas internos, que dá ao usuário plantas completas de aeroportos, estações de trem e shopping centers. As adições incluem pontos importantes pelo mundo, como os Aeroportos de O’Hare (em Chicago) e Gerald Ford (próximo a Grand Rapids, Michigan), nos EUA; o Narita (Tóquio), o Internacional de Munique (Alemanha), o de Istambul (Turquia), o de Praga (República Checa), além dos de Shangai e de Shenzhen (China).

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…